O São José Basketball visita o Rio Claro nesta sexta-feira, às 20h e depois de deixar escapar uma grande chance de vitória em casa, terá que se desdobrar para evitar uma décima derrota seguida. O adversário está na zona de classificação do NBB.

O Novo Basquete Brasil tem os 16 times se enfrentando em 30 rodadas de turno e returno. O São José já disputou 18 partidas e com 15 derrotas e apenas 3 vitórias, segue na 15ª e penúltima posição. O Pato, com 2 vitórias e 15 derrotas, é o último colocado e mais adiante terá o confronto direto do returno no Paraná.

Como os 12 melhores da classificação avançarão à segunda fase, o São José ainda tem 12 partidas para melhorar a sua condição. No momento, persegue o 12º colocado, o Bauru, de 6 vitórias e 10 derrotas.

Na última terça-feira, o São José recebeu o São Paulo e perdeu por 97 a 99. Contra o quarto colocado, o placar representa um esboço de reação do time joseense. No entanto, pelas circunstâncias da partida, a derrota foi bem amarga.

O São José fez um primeiro tempo impecável. Nos 10 minutos do quarto inicial marcou 37 pontos e sofreu apenas 36. Depois, também venceu o segundo quarto por 25 a 22 e fechou o primeiro tempo com um expressivo 62 a 48.

Na volta do intervalo, quando a tentativa de reação do São Paulo era esperada, o São José foi encolhendo até levar uma virada no penúltimo arremesso do jogo e perder a partida por 99 a 97.

Agora, para evitar a décima derrota consecutiva, o São José terá que conter um empolgado Rio Claro. O adversário vem de um 92 a 87 como visitante do Brasília e está na 10ª colocação, somando 8 vitórias e 10 derrotas.

Os times

Na derrota para o São Paulo, o técnico Paulo Jaú armou a formação inicial do São José com: Figueredo, Mariani, Montillo, Rafa e Lupa. Duda Machado, Ambrosino, Eugeniusz, Leo Eltink e Sérgio Conceição entraram depois e o garoto Pedro permaneceu no banco de reservas.

O Rio Claro, do técnico Fernando Penna, em Brasília entrou com: Fabián Sahdi, Enzo Ruiz, Vinícius Pastor, Ansaloni e Gerson. Também atuaram: Baxley, Pedro, Thiaguinho, Lucão e Figueroa.

No primeiro, em São José dos Campos, o jogo foi disputado no dia 23 de novembro e terminou empatado por 72 a 72. Em seguida, na prorrogação, o Rio Claro venceu por 23 a 15 e totalizou 95 a 87.

cm_910

Na foto (de Arthur Marega Filho/São José Basketball), Lupa subindo e Sahdi olhando quando os dois times se encontram no primeiro turno.