sanja

Lance do pênalti sofrido pelo experiente Renato Peixe

Tião Martins/TM Fotos

O São José dos Campos Futebol Clube empatou por 1 a 1 com o Desportivo Brasil na tarde deste domingo (19), no estádio Martins Pereira e segue no meio do caminho no Campeonato Paulista da Série A-3.

O time está a um ponto da zona de classificação e com a mesma pontuação do primeiro time da faixa de rebaixamento. Agora, terá dois jogos seguidos fora de casa. 

Antes de uma forte chuva que dificultou a ação dos jogadores, o São José dos Campos perdeu o zagueiro Valdeci, que em lance isolado sofreu uma contusão no joelho e saiu substituído por Taison, aos 9 minutos.

E foi justamente com uma cabeçada de Taison, aos 23, que o time conseguiu dar trabalho ao goleiro adversário.

O Desportivo Brasil, na mesma formação tática 3-5-2, também teve apenas uma grande chance de gol na etapa inicial. Aos 34, o atacante Édipo mandou um chute frontal que pegou no travessão e saiu. Assim, quando o intervalo chegou, o placar de 0 a 0 era justo.

No segundo tempo, mesmo com o gramado do Martins Pereira possuindo um eficiente sistema de drenagem, a forte chuva levou os times a preferir jogadas aéreas.

Em uma delas, aos 16, o de Porto Feliz abriu o placar. O meia Pio levantou uma falta da esquerda e como a defesa joseense não foi rápida para intervir na primeira trave, o atacante Júlio César chegou antes e mandou uma cabeçada de raspão, deixando o goleiro Luan fora da trajetória da bola.

Em desvantagem, o São José dos Campos intensificou o seu ritmo e encontrando muitas dificuldades para superar o trio de zagueiros do adversário nos levantamentos para a área. Mas, na pressão dos minutos finais, o experiente Renato Peixe soube descolar um pênalti que ele mesmo converteu, aos 45. Na cobrança, mandou o goleiro para o canto direito e chutou forte no esquerdo.

A vitória levaria o São José dos Campos ao grupo dos oito melhores. Da mesma forma, uma derrota teria recolocado o time na zona de rebaixamento. Agora, depois de 12 rodadas realizadas e outras sete ainda programadas, virão duas partidas seguidas fora de casa: quarta-feira, às 20h, contra o Independente de Limeira e domingo, às 10h, contra o Comercial de Ribeirão Preto.

Os times
O São José dos Campos, dirigido pelo técnico Paulo Campos, atuou com: Luan; Matheus Teixeira, Eduardo e Valdeci (Taison 9´/1º); Bruno Paraíba (Willians 17´/2º), Gerson (João Gledson 27´/2º), Renato Peixe, Bruno Donizete e Bruno Oliveira; Michael e Dalmo.

O Desportivo Brasil, do técnico Caio Zanardi: Gilberto; Diego, Glauco e Rodrigo Paganelli; Luiz Guilherme, Dêda, Ederson, Pio (Luiz Henrique 36´/2º) e Anderson Luís; Júlio César (Hiago 42´/2º) e Édipo (Jairo 30´/2º).

O árbitro foi Clayton de Oliveira Dutra, com os assistentes Domingos da Silva Chagas e Roberto Silva Dantas. O quarto árbitro: Roderson Salvador. O público pagante anunciado foi de 150 torcedores.