No confronto regional que valia uma vaga nas semifinais da Liga Paulista de Futsal, o São José venceu o Taubaté por 3 a 2, nesta quinta-feira à noite, na casa do adversário e ganhou o mata-mata que vinha de um empate por 3 a 3 no jogo de ida, em São José dos Campos.

O jogo começou com muita intensidade para ambos os lados, com o Taubaté procurando tomar a iniciativa, porém encontrando um São José Manguaça bem postado na defesa e que subia com organização.

Atuando com inteligência, a equipe visitante fazia a bola rolar de ala em ala, procurando o pivô para infiltração. Foi assim que os joseenses conseguiram uma falta na entrada da área. Em jogada ensaiada, Leandrinho cobrou falta e achou Rafão dentro da área, que desviou o chute para matar o goleiro. 1×0 no marcador (aos 5min31s).

A resposta veio em seguida (aos 5min56s), com Vitinho desarmando Marcelo Paulista, deixando tudo empatado e a partida equilibrada. Mais adiante (aos 7min45s), o joseense Rafão foi expulso um tempo depois (aos 7min45s), quando houve uma confusão.

Sem deixar o ritmo cair o São José Manguaça foi para cima, dessa vez alternando entre uma marcação alta e baixa. Foi assim que, em saída de bola errada, Tatu antecipou, avançou e chutou de frente, vencendo o goleiro e voltando a vantagem para o time da casa (aos 8min58s). Intervalo

Agitado

O jogo continuou muito agitado no segundo tempo. Com o Taubaté buscando a ofensiva a todo momento, por estar atrás do placar, o São José Manguaça, em um primeiro momento, se manteve na defensiva. Aos poucos, com os minutos passando, a equipe visitante começou a subir.

O pivô taubateano Fabinho reclamou pênalti em um lance aparentemente normal e, por segundo cartão amarelo, foi expulso (3min34s).

No entanto os goleiro e a defesa do time da casa também fora se segurando e o tempo correu muito até sair mais um gol. Foi o Gustavinho que dominou no meio, puxou para ala e acertou o canto do gol, no contra pé do goleiro (aos 5min54s).

Um pouco antes, (aos 3min34s), o pivô taubateano Fabinho reclamou pênalti em um lance aparentemente normal e, por segundo cartão amarelo, foi expulso.

Depois de alguns minutos os taubateanos entraram com Jojô como goleiro-linha para tentar diminuir a desvantagem. Restando quatro minutos (aos 15min46s), foi isso que aconteceu: em jogada rápida pelo meio, Felipe Reis finalizou no alto e deixou tudo em 3×2.

Depois disso o time da casa tentou de todas as maneiras chegar ao empate, mas não teve jeito. Os visitantes souberam se defender e gastar o tempo. Assim, vitória do São José Manguaça no tempo normal e classificação à semifinal da Liga Paulista.

Agora, o time joseense espera o fechamento das quartas de final. A classificação geral dos quatro qualificados definirá os confrontos das semifinais.

Times

O Taubaté, do técnico Leandrinho Reis, começou com: Pezão, Jojô, Felipe Reis, Japa e Fabinho. Também entraram: Betinho, Dasaiev, Cardelli, Vitinho, Gustavo e Lelê.

O São José, do técnico Flávio Cavalcante, começou com: Daniel, Ferrugem, Paulinho, Leandrinho e Gustavinho. Também entraram: Finéo, Marcelo Paulista, Rafão, Vandinho, Dieguinho, Tatu e Rômulo.

A equipe de arbitragem: Roberto Paganini Marietto (árbitro), Alexandre Almeida Assunção (auxiliar), Priscila Cuebra Garcia (cronometrista) e Angelina Paula Brito Cassimiro (anotadora).

cv_351

Na foto (de Brenno Domingues/São José Futsal/Manguaça FS), Gustavinho arranca fugindo da marcação do Taubaté.