O São José não conseguiu aproveitar a oportunidade de uma classificação antecipada às quartas de final do Paulista da Segunda (4ª) Divisão. Visitando o Osasco FC na noite desta sexta-feira, perdeu por 2 a 0 quando precisava vencer. Agora, decidirá a sorte na última partida da fase, dia 20, recebendo o Itararé.

No quadrangular que qualificará os dois melhores, o jogo no estádio José Liberatti abriu a quinta e penúltima rodada. Com o resultado, o Osasco FC (10 pontos) assumiu a liderança e deixou o São José (8) em segundo. O Itararé (7), que no domingo receberá o Brasilis de Águas de Lidoia (0), também poderá ultrapassar o time joseense e alcançar o segundo lugar. Depois, a última rodada, no dia 20 (domingo), às 10h, terá os jogos: São José x Itararé e Brasilis x Osasco FC.

No São José, que perdeu uma invencibilidade de 10 partidas, desde maio, o volante-lateral Anderson sentiu a contusão muscular no aquecimento e Anderson Júnior entrou em seu lugar. Como previsto, o técnico Oliveira armou a equipe com três atacantes. Brener voltou de suspensão e formou um trio com Ruero e Thiago Seiji.

Com menos de dois minutos, o Osasco FC perdeu uma ótima chance. Em uma falta levantada da esquerda, a bola sobrou na pequena área e o meia Luís Fernando, livre, chutou por cima do travessão.

O São José teve apenas um ataque perigoso, de bola parada, aos 26. Victor Feijão cobrou escanteio da esquerda e Josué, subindo com imposição, cabeceou mal ao procurar o canto direito.

Quando o São José ainda procurava um equilíbrio nas ações, surgiu o primeiro gol do Osasco FC, aos 32. Em uma falta da meia esquerda e de longa distância, o zagueiro Vinícius chutou forte no canto esquerdo e o goleiro Robert reagiu tarde, nem saltando para tentar a defesa.

A situação do São José piorou porque a vantagem foi ampliada ainda no primeiro tempo, aos 42. Três joseenses falharam na marcação perto da bandeirinha de escanteio e o lateral direito Marcelo conseguiu cruzar na pequena área. Anderson Júnior demorou para ir na bola e o atacante Dieguinho fechou antes e colocou a cabeça para finalizar.

No intervalo, o técnico Oliveira fez uma substituição no São José, trocando o volante Bruno pelo meia Gustavo. E com menos de três minutos, o time joseense quase marcou. Na finalização, Brener chutou, o goleiro espalmou e um zagueiro surgiu na cobertura, aliviando quase em cima da risca.

Em uma boa descida com inversão de jogo, o São José criou boa chance, aos 16. Anderson Júnior tentou um chute cruzado por cobertura e o goleiro saltou e desviou por cima do travessão.

Na segunda substituição, aos 23, Oliveira trocou Anderson Júnior pelo meia Matheus Carioca.

Pouco conseguindo contra a marcação osasquense, o São José voltou a levar perigo somente aos 33 minutos. Após um longo levantamento em diagonal da esquerda, Ruero ajeitou da segunda trave e Thiago Seiji, travado ao fechar na pequena área, chutou em cima do goleiro que desviou a escanteio.

Logo em seguida, Oliveira fez a última substituição no São José, saindo Thiago Seiji e entrando o meia Michel. O técnico do Osasco, Vitor Mosca, também explorou o seu banco de reservas para manter o jogo controlado e o resultado de 2 a 0 permanecendo até o apito final.

Os times

O São José, do técnico José Francisco de Oliveira, formou com: Robert; Anderson Júnior (Matheus Carioca 23´/2º), Josué, Maicon e Paulinho Graça; Sydney, Bruno (Gustavo – intervalo) e Victor Feijão; Ruero, Thiago Seiji (Michel 34´/2º) e Brener.

O Osasco FC, do técnico Vitor Mosca: Matheus; Marcelo, Charles, Vinícius e Marlon; Rubens, Rodrigo, Luís Fernando e Carlos Gabriel (Rafinha – intervalo); Dieguinho (Danrley Marreta 35´/2º) e Elton (Bruninho 29´/2º).

O árbitro foi Kleber Canto dos Santos, com os assistentes Fausto Augusto Viana Moretti e Fernando Afonso Gonçalves de Melo. O quarto árbitro: Luciano Silva.

O São José marca uma tentativa de ataque do Osasco FC (Foto: TV Mycujoo/Reprodução)