A zagueira Gislaine, de 29 anos e uma das poucas remanescentes das grandes conquistas internacionais do São José Futebol Feminino, está voltando à Seleção Brasileira. Depois de uma temporada difícil, com afastamento longo por contusões e cirurgias, ela estará no grupo de dois amistosos no Chile.

No começo deste ano, quando partia para a sua 13ª temporada pelo São José, Gislaine foi convocada para um período de treinos da Seleção Brasileira, na Granja Comary. Com a técnica Emily Lima, que havia acabado de deixar justamente o time joseense, a temporada parecia promissora.

No entanto, por causa de uma lesão no joelho, Gislaine voltou em tratamento e depois passou por cirurgia. E para complicar, uma inflamação localizada exigiu uma outra intervenção, prolongando o afastamento por mais alguns meses.

Sem poder participar dos jogos do São José nas competições do calendário, Gislaine voltou com prazo suficiente para reparecer nos Jogos Abertos do Interior, neste mês, em cidades do Grande ABC. Todavia, também desfalcará o time joseense porque foi novamente convocada para a Seleção Brasileira.

Retornando ao comando do selecionado nacional, o técnico Vadão terá dois amistosos contra o Chile, em Santiago, nos dias 25 e 28. E relacionando jogadoras que atuam em times brasileiros, convocou Gislaine para uma etapa de treinos que começará na próxima segunda-feira, dia 13.

Gislaine vinha treinando normalmente no São José e aproveitando o tempo de preparação para readquirir gradativamente o melhor condicionamento físico. Na escalação base do técnico Márcio Oliveira, formando dupla de zaga com Flávia Gil.

Nos Abertos

Nos Jogos Abertos do Interior, o São José começará disputando um triangular com Araraquara (o time da Ferroviária) e Itu. Os dois concorrentes abrem a disputa por duas vagas em uma partida no dia 21. Nos dias 22 e 23, serão os adversários de São José dos Campos.

A volante Pepê Lopes, sentindo dores no joelho, não participará dos Abertos. Permanecerá em tratamento convencional e já pensando na temporada 2018. A goleira Thais já havia saído dos planos desde agosto. Ela recebeu uma proposta que considerou irrecusável e foi atuar em Israel.

O time joseense vinha sendo armado com: Taty Amaro; Natália Oliveira, Gislaine, Flávia e Nathy Rodrigues; Edna Baiana, Sâmia e Rita Bove; Michele Carioca, Chu e Franciele.

Gislaine recebendo o troféu de medalha de ouro nos Jogos Regionais (Foto: Tião Martins/TM Fotos)