Desde 2017, a Prefeitura entregou novas escolas, ampliou salas e contratou 500 professores

Pref SJC Creches -Credito Cláudio Vieira.JPG

Em 2017, Prefeitura criou 2.625 novas vagas em unidades escolares

Foto: Cláudio Vieira/PMSJC

Numa matemática simples, São José dos Campos multiplicou o número de professores, somou escolas à rede municipal e subtraiu a fila de espera por vagas.

Uma nova página, portanto, começou a ser escrita na história da Educação. Em 2017, a Prefeitura criou 2.625 das 5.225 novas vagas anunciadas. Ainda contratou 500 professores efetivos, por meio de concurso público, além de 800 estagiários em Pedagogia.

A escola infantil Professora Maria Leonor de Campos Mota Miranda, no Jardim Santa Edwiges, zona sul de São José, é uma das quatro unidades entregues pela administração desde o ano passado.

O lugar colorido, seguro, organizado e limpo garante a alegria e o aprendizado da criançada. Logo na entrada, a comunidade percebe a importância dada ao investimento na infância. No mural, frases que destacam essa visão.

“A infância é o tempo de maior criatividade na vida de um ser humano”, do pensador Jean Piaget.  Ou “Atrás de cada criança que acredita em si mesma está uma família que acreditou primeiro”, do educador Matthew Jacobson.

O cenário encontrado na unidade é semelhante ao encontrado em outras novas escolas de educação infantil, concluídas nos bairros Campo dos Alemães (região sul), Alto da Ponte (norte), Pinheirinho dos Palmares (sudeste) e Jardim Monterrey (leste).

A matemática para ampliar o número de vagas na educação infantil também inclui a ampliação de escolas municipais. Até o momento, oito unidades foram beneficiadas.

As primeiras unidades a receberem a ampliação ficam na região leste do município. No bairro Parque Novo Horizonte, a Emei Febrônio Pereira Gomes, que atualmente atende 511 alunos, terá capacidade para mais 150 estudantes após a conclusão da obra. Já no bairro Jardim Santa Inês 1, a Emei Doroti da Silva Cunha também receberá 150 novos alunos, ampliando a capacidade da escola para 452 estudantes.

A próxima unidade a receber as obras de ampliação é o Instituto Materno-Infantil Dimeia Maria Ferreira Diniz Endo, no Campo dos Alemães, na região sul. Cerca de 60 novas vagas serão entregues à população em junho de 2018.

Para o segundo semestre deste ano, outras cinco escolas devem ser entregues com a capacidade ampliada: Núcleo de Educação Infantil Elza Maria Dias Mendonça, no Monte Castelo, região central (150 vagas); Emei Luiz Sundfeld, no Galo Branco, região leste (150 vagas); Emei Jardim Morumbi, região sul (150 vagas); Emei José Antero Cursino dos Santos, no Jardim Satélite, região sul (150 vagas) e Instituto Materno-Infantil Armilinda Locatelli de Macedo, na Vila Tesouro, região leste (40 vagas).

Pref SJC Creches 2- Credito Claudio Vieira.JPG

Escola infantil Prof Maria Leonor de Campos Mota Miranda, no Jardim Santa Edwiges, zona sul de São José, é uma das quatro unidades entregues desde 2017

Foto: Cláudio Vieira/PMSJC

Concurso

O quadro de professores também acompanhou a expansão de escolas. Neste ano, a Prefeitura de São José contratou cerca 500 professores efetivos, 300 aprovados em concurso público realizado em outubro de 2017. 

Outros 200 professores foram contratos pelo regime por Prazo Determinado e Eventuais. O grupo foi classificado em processo seletivo realizado em dezembro do ano passado. O contrato será de um ano.

Saiba mais em: www.sjc.sp.gov.br

Siga-nos também nas redes sociais: 

https://www.facebook.com/PrefeituraSJC/

https://www.instagram.com/prefeiturasjcamposoficial/