pescadores_1

Destroços da lancha encontrados nesta quarta-feira na costa sul da Ilha

Divulgação/Defesa Civil

As buscas pelos pescadores Luiz Claudio de Jesus e Daniel da Silva entraram no terceiro dia nesta quinta-feira (17). Os homens desapareceram na segunda-feira (14), após saírem do Rancho dos Pescadores, em São Sebastião, com destino a Ilhabela.

Apesar da 'fake news' que se espalhou pelas redes sociais de que os pescadores haviam sido encontrados nesta terça-feira (16), a Marinha não parou as buscas e continuou a procura por toda costa sul de Ilhabela.

“Independentemente do que saiu nas redes sociais não interrompemos a busca e  informei a família que só iria parar quando o pescador estivesse nos braços do filho.  Não sabemos como isso surgiu e  pedimos que não divulguem essas notícias falsas porque atrapalha a coordenação dos trabalhos e cria uma falsa expectativa com a família”, informou o comandante da marinha, Wagner Goulart de Souza.

Apesar dos três dias de desaparecimento em alto mar, e dos destroços da lancha encontrados nesta quarta-feira(16), o comandante alega que a temperatura da água e fatores climáticos contribuem para que os tripulantes sejam encontrados ainda com vida.

“As condições físicas de cada um são de extrema importância neste caso, mas fatores como a temperatura da água que se encontra a 24°C, nos dá esperança de encontrarmos os dois com vida” explica, o comandante.

De acordo com ele, nesta quinta-feira as buscas se iniciaram nesta manhã por volta das 7h e se concentram na parte sul da ilha, o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, lanchas da Capitania dos Portos e o helicóptero da Marinha participam da ação.