20140915_tomate_cebola_hortifruti_carne_frutas_laranja_maca_cesta_basica_legumes_hortalicas_alface_flavio_pereira_21

Preço da batata foi o que mais caiu entre os alimentos: 15,4%

Arquivo/Meon

O preço da cesta básica no Vale do Paraíba diminuiu 0,34% no mês de março.  A média nas cidades, que foi de R$ 1.525,65 em fevereiro, diminuiu para R$ 1.520,37 no terceiro mês do ano. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (16), pelo Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Social).

Entre as cidades pesquisadas, Caçapava foi a que apresentou o preço mais baixo, com R$ 1.501,26. Já a cidade com a cesta mais cara foi a de São José, onde o maior preço apresentado foi de R$ 1.548,89.

Outra questão apontada pelo estudo foi o aumento da variação na diferença entre os menores e maiores preços em cada cidade. A porcentagem, que foi de 1,6% no mês de fevereiro, subiu para 3,08% em março.

No valor da cesta, o item alimentação é responsável por 87,6% do valor. Já os itens de higiene pessoal ficam com 7,4%. A limpeza doméstica é responsável por 5%. Destes, o item limpeza doméstica foi o que mais contribuiu para a queda no valor, com redução de 1,6%.

Batata caiu, leite subiu

No alimentos, o preço que mais caiu foi o da batata, que apresentou queda de 15,4%. Já o alface, que vem logo atrás, caiu 12%. A cenoura foi outro item de alimentação que teve o preço diminuído, foram 11,4% de redução.

Já entre os itens de alimentação que apresentaram aumento de preço, o leite de caixinha foi o campeão com 10,3%. Já os ovos subiram 9,3%. O feijão completa o pódio do aumento de preço, com 6,2%.