trampos

Flexibilidade é um dos benefícios

Trampos

As oportunidades de trabalho sem vínculo empregatício vêm aumentando no mercado há alguns anos, antes mesmo da instalação da crise presenciada no mercado nacional. 

De acordo com as docentes da área de Gestão e Negócios do Senac Taubaté, Maria Beatriz Franze Conte (especialista em Gestão de Pessoas), e Patrícia de Abreu Leite Machado (especialista em Relações Trabalhistas), as diferentes formas de trabalho são tendência mundial, e não se restringem ao mercado brasileiro. "Trabalho autônomo, freelancer, trabalho em casa, empregos temporários e pequenos empreendedores são alguns dos exemplos que podem ser citados. As mudanças na forma de trabalho refletem o sortimento de necessidades que as empresas e o mercado em geral carecem", dizem as especialistas.

Todas essas mudanças afetam também a forma como acontece a procura por oportunidades de trabalho. Várias empresas têm migrado para internet quando se trata da busca de um bom funcionário ou prestador de serviços, principalmente quando o profissional é um 'freelancer'. Sites como o australiano freelancer.com, GetNinjas e Trampos, são exemplos de interfaces que auxiliam a conexão entre os prestadores de serviço e contratantes.

"O Trampos surgiu em meados de 2008, como um projeto pessoal no twitter (@trampos) para avisar aos meus amigos da área sobre as vagas que eu tinha conhecimento. Como nessa época a maior parte dos usuários desta rede social eram profissionais de comunicação, o perfil ganhou bastante relevância e começamos a divulgar as oportunidades das maiores agências de publicidade do Brasil", diz Tiago Yonamine, idealizador da iniciativa. Hoje, o Trampos evoluiu para um site próprio que divulga vagas na plataforma, por e-mail e pelas redes sociais. São 213 mil profissionais utilizando gratuitamente a plataforma, e mais de 3.500 empresas procurando por serviços.

Em um âmbito mundial, a freelancer.com tem mais de 20 milhões de usuários, em 247 países, e oferece serviços nas áreas de Tecnologia da Informação, Software, Design, Mídia e Arquitetura. "O site traz o benefício de ter à disposição profissionais de várias localidades do globo, obtendo alternativas na qualidade e preços, e trazendo competitividade para os serviços oferecidos", diz Larry A., integrante da equipe de suporte da ferramenta.  

Eduardo L’Hotellier, co-fundador e CEO do GetNinjas, conta que criou o site depois de ter dificuldade em encontrar profissionais de confiança, e com bom preço, para auxiliar com reparos em sua casa. "Comecei a perceber, então, que a internet estava cheia de sites para compra de cupons e produtos, mas não havia algo que solucionasse o problema de contratar bons prestadores de serviços. Com menos de R$ 2 mil, lancei um modelo em outubro de 2010. Em setembro de 2011, a ideia recebeu mais de R$ 1 milhão de investimento de dois grandes fundos de capital de risco", conta. O diferencial da empresa seria a geolocalização, assim, os profissionais geralmente estão próximos aos empregadores. 

eduardo_l_hotellier

Eduardo L’Hotellier, CEO do GetNinjas

Arquivo pessoal

Hoje a empresa atua em 10 áreas principais: reformas, eventos, assistência técnica, aulas, automóveis, consultoria, design e tecnologia, moda e beleza, saúde e serviços domésticos. "As atividades mais requisitadas são as de reforma, principalmente serviços de encanadores, pedreiro e pintura, e eventos, com destaque para os buffets", diz L’Hotellier.

As especialistas Maria Beatriz e Patrícia, ressaltam que a redução de encargos trabalhistas e vasta oferta de mão de obra especializada, são os benefícios que mais estimulam empresários na contratação de freelancers. Para o trabalhador, a autonomia, oportunidade de atender várias empresas aos mesmo tempo, como home office e especialização em determinada atuação, aumentam as possibilidades de ganhos.

Sobre as inscrições online em sites como os citados acima, elas fazem um alerta: "aconselha-se que o profissional investigue a oportunidade oferecida, avaliando prós e contras e, a índole da empresa que oferece a vaga. A pesquisa na internet sobre as organizações pode ajudar muito a identificar seu histórico. E sempre é importante desconfiar de oportunidades extraordinárias, com grandes vantagens, remuneração muito além da média do mercado, benefícios, entre outros", contam.

Quais são os fatores que diferenciam um freelancer de um profissional autônomo ou PJ?

- Autônomo:  profissional sem empresa aberta a quem será permitido a emissão de recibo pelos serviços prestados. São exemplos comuns os profissionais liberais, como médico, advogado, psicólogo, dentista.

- Freelancer: espécie de autônomo, porém oferta seu trabalho de maneira fugaz. Vende o produto de um serviço que já realizou, como os jornalistas, publicitários e marqueteiros. É possível ser um freelancer como profissional liberal ou com empresa estabelecida (PJ)

- PJ (pessoa jurídica): possui empresa estabelecida, com registro na Receita Federal e Junta Comercial (CNPJ). Neste caso, todos os serviços prestados serão por emissão de Nota Fiscal, e fica vetada a emissão de recibo, porém o profissional sócio da empresa não se subordina àquele a quem vai prestar serviço, podendo também atender vários clientes ao mesmo tempo.

trampos_pesquisa

A maioria dos profissionais busca por aumento da renda ao fazer freelance

Trampos