Em agenda pela RMVale nesta quarta-feira (28), o governador Geraldo Alckmin (PSDB) inaugurou, durante a tarde, as obras de prolongamento da rodovia Carvalho Pinto, em Taubaté. Com políticos da região, o evento ganhou ares de palanque, às vésperas das eleições de 2018.

Com 10,7 quilômetros, 8,6 de trajeto, mais 2,1 de conexões, o prolongamento possibiliza a diminuição de carros na Tamoios e na Via Dutra. O trecho segue do km 126,1 ao km 134,7. O investimento com as obras, realizadas pela Ecopistas, concessionária que administra a rodovia, foi de R$ 322,8 milhões.

Com a integração, os motoristas poderão seguir direto da Carvalho Pinto à Oswaldo Cruz, rumo à Ubatuba ou São Luiz do Paraitinga. Antes, era preciso pegar a Dutra para acessar a rodovia, ou pegar a Tamoios e cruzar Caraguatatuba.

Governador é o nome mais cotado no PSDB para concorrer às eleições presidenciais de 2018 e, para isso, vai se licenciar do cargo em abril

O novo trecho de estrada conta com algumas inovações, como o asfalto ecológico, que cobre toda a extensão das novas vias e é feito utilizando 40 mil pneus em sua composição. O composto, de acordo com a Ecopistas, é 40% mais resistente do que o comum.

Os prefeitos de Taubaté, Ortiz Junior (PSDB); Jacareí, Izaías Santana (PSDB) e Ubatuba, Sato (PSD), estiveram no evento. A solenidade ainda contou com a deputada federal Pollyana Gama (PPS) e o deputado estadual Padre Afonso (PV), foram outros entre os políticos no evento.

Palanque
Apesar de Alckmin ainda não ter se licenciado do governo para concorrer às eleições como provável candidato à presidência pelo PSDB, o evento prosseguiu com ares de palanque eleitoral.

Alckmin exaltou as conquistas de seu governo e ainda previu a expansão de suas políticas ao território nacional.

“Estamos entregando outras duplicações, temos ainda o projeto da Tamoios e, este mês, entregaremos o hospital regional de São José. Na saúde praticamente todas as Santas Casas participam do programa Santa Casa Sustentável, no qual o governo do Estado financia as entidades. O Brasil vai crescer muito com um grande programa de PPPs (Parceria Público Privada) e de concessões, gerando empregos nas obras e diminuindo o ‘custo Brasil’ para os empresários”, afirma.

Os quatro políticos que antecederam o governador no microfone destacaram obras e as bandeiras dos mandatos do tucano a frente do governo de São Paulo, mantendo o clima de corrida presidencial. O secretário de Logística e Transportes, Laurence Casagrande, destacou a boa colocação das estradas do Estado no ranking da CNT (Confederação Nacional de Transportes). As dez melhores do ranking ficam em São Paulo.

Entretanto, o que mais se estendeu no clima de eleições foi o prefeito de Taubaté, Ortiz Junior. O mandatário exaltou o trabalho do governador na redução dos índices de criminalidade de Taubaté, nas verbas para as mudanças viárias aportadas pelo governo do Estado.

Pedindo, mais de uma vez, mais tempo de fala às cerimonialistas, o prefeito ainda ressaltou a ajuda de Alckmin para a construção de casas populares por meio do programa Casa Paulista e a unidade do AME (Ambulatório Médico de Especialidades), que deve ser inaugurada em um prazo de três meses.

Leia Também

“O governador pegou hospitais falidos, investiu e melhorou a saúde de São Paulo. Com ajuda dele, fizemos a cidade saltar da quinta mais violenta para uma das dez mais seguras do interior. O trânsito, com as mudanças viárias financiadas, em parte, pelo Estado, teve redução de 81% nas mortes na nossa cidade. A luta é de muita gente, mas as decisões finais sempre vão ser do governador”, diz.

Agenda
Alckmin ainda esteve no Batalhão da PM, em Taubaté, iniciar a operação Rochedo, durante a manhã e, após a inauguração do novo trecho da Carvalho Pinto, foi a Guaratinguetá em evento de entrega de casas populares.