dig_cruzeiro

Polícia Civil investiga caso de atentado contra ônibus na via Dutra, em Cruzeiro

Reprodução/Google Street View

Um jovem de 20 anos foi preso como principal suspeito de tentar tomar a direção de um ônibus, causando um acidente às 18h30 de sábado (21) no trecho de Cruzeiro da Dutra, no km 29 sentido São Paulo. O ônibus fazia uma viagem entre Rio de Janeiro (RJ) e Goiânia (GO). 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, no momento que os policiais chegaram ao local onde o veículo havia parado, o suspeito já havia fugido pela área de vegetação ao lado da rodovia.

As testemunhas informaram que o agressor tentou tomar o volante do ônibus e começou a lutar com o motorista, que tentava controlar a direção. O veículo bateu diversas vezes na mureta central da estrada, deixando feridos quatro passageiros e o motorista.

O Corpo de Bombeiros e o resgate da CCR NovaDutra levaram as cinco vítimas para o pronto-socorro de Lorena e Guaratinguetá. Os hospitais foram procurados, mas não houve retorno do atual estado de saúde dos feridos.

Logo após o atentado, as equipes policiais apreenderam uma mochila do suspeito que continha um notebook, documentos e outros objetos. No computador foi encontrado um material relacionado ao Alcorão, livro sagrado do Islã, levando aos policais a investigarem a possível relação entre o jovem e um grupo radical. 

O suspeito foi encontrado pela equipe da PRF de Lavrinhas no domingo (22), por volta das 15h30, caminhando pelo acostamento da rodovia. Ao ser abordado, o jovem apresentava sinais de confusão mental, alegou que estaria sendo perseguido e tentou forçar a parada do ônibus para desembarcar.

O caso, registrado como tentativa de homicídio, segue com a Polícia Civil de Cruzeiro.