20140923_ciclovia_ciclistas_flavio_pereira_3_de_6

São José terá postos de aluguel de bicicletas

Flávio Pereira/Meon

A Prefeitura de São José dos Campos vai implantar postos de locação de bicicleta em 2015. Previsto para entrar em operação no verão, o modelo que será adotado ainda está em fase de estudos e irá contemplar inicialmente a região central.

Com a instalação das estações, como já existe em capitais como Rio de Janeiro e São Paulo, a prefeitura quer estimular o uso da bicicleta como meio de transporte.

A Secretaria de Transporte informa que pesquisou diferentes modelos de sistema de locação de bicicletas e que, em breve, deverá divulgar qual será escolhido para a cidade.

Segundo a prefeitura, 4,5 quilômetros de ciclovias estão em construção nos bairros Santa Inês, na região leste, Jardim das Indústrias, na região oeste, e no Altos de Santana, na região norte.

Após a conclusão dessas obras, a secretaria afirma que a prioridade será construir trechos que vão interligar a malha de ciclovias existente em cada região, fazendo a transposição da Dutra e do Anel Viário.

Caminho certo
Ao todo, São José dos Campos possui 63 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas. Para 2015, também é elaborado um mapa das rotas cicláveis, com dados atualizados de todos os caminhos para os ciclistas.

Enquanto a administração não conclui os estudos, um ciclista de São José fez durante suas férias o mapa de todas as rotas para bicicleta na cidade. O engenheiro cartógrafo Eric Rafael Pereira de Sousa, 26 anos, percorreu os 63 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas e lançou os percursos em um mapa.

Agora na internet, os ciclistas podem acessar, até mesmo do celular, um mapa interativo, que não só mostra por onde passam essas rotas, como também onde é possível encontrar na cidade postos com bombas para bicicletas, bicicletários e outros serviços, como oficinas e trilhas.

"Usei o plano cicloviário da cidade elaborado em 2006. Depois fiz os percursos e coloquei tudo em um sistema da ONG Transporte Ativo, que foi parceira nesse projeto e possui rotas em seu site de outras cidades do país. O grande diferencial do nosso mapa é que marquei os locais perigosos, onde já houve acidentes, e as rotas que ainda não foram construídas, para que possamos cobrar", detalha Sousa.

Para o ciclista, grande parte das ciclovias está em bom estado. O maior problema encontrado ao percorrer todas as rotas foi com os motoristas que ainda não respeitam as ciclofaixas -espaço pintado na mesma pista usada pelos veículos.  

"Tinha carro estacionado em cima das faixas, o que me obrigou a usar a rua no meio dos carros no Urbanova. Na região sul, na avenida Bacabal, a sinalização está ruim", destaca.

A grande vantagem do sistema criado por Sousa é que o mapa é interativo. Qualquer pessoa pode contribuir mandando informações de novas trilhas, postos de serviços ou locais perigosos, que exige mais atenção dos ciclistas. Basta mandar um e-mail para ciclistas.sjc@gmail.com.

Conheça o Mapa Cicloviário de São José dos Campos.