banda_3

O grupo Höröyá mescla sonoridade africanas e brasileiras

Divulgação


O grupo Höröyá traz para São José nesta quinta-feira (23) uma mostra da sonoridade africana em um show instrumental no palco do Projeto Bar de Quinta, no Centro Cultural Clemente Gomes, no Parque da Cidade, zona norte de São José dos Campos. A apresentação acontece partir das 20h e a entrada é gratuita. 

Composto por 12 integrantes, entre brasileiros e africanos, o grupo paulistano segue a diversidade cultural das influências, com diversos timbres nas composições. Instrumentos tradicionais africanos como ngoni, dunun, djembe, balafon, krin, sabar e tama, soando junto com a brasilidade dos atabaques, berimbaus e cuíca, e a contemporaneidade de guitarras, baixo, saxofones, trombones e trompetes.

Höröyá é uma palavra de origem Mandeng, cultura do oeste da África, que significa ‘liberdade’, ‘autonomia’, ‘dignidade’ e foi o termo usado durante a luta anticolonialista na Guiné, para a afirmação de seus caminhos e ideais.

O Projeto Bar de Quinta é realizado pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo de São José dos Campos. O Centro Cultural Clemente Gomes fica na avenida Olivo Gomes, 100, no Parque da Cidade, Santana.