Por Conteúdo Estadão Em Opinião

Governo vai fazer teste de confiança com emissão em euros

Três dias depois do rebaixamento da nota do Brasil pela agência internacional de risco Standard & Poor's, o País volta ao mercado internacional na primeira emissão do ano. Com um papel atrelado ao euro e prazo de vencimento em 2021, o governo brasileiro faz um importante teste de confiança depois do anúncio da S&P.

A emissão já vinha sendo preparada pelo Tesouro desde fevereiro, quando uma missão do governo brasileiro fez um road show no mercado europeu para sondar o apetite dos investidores. Trata-se da primeira emissão do Tesouro em euros desde 2006. No início deste ano, o governo anunciou a intenção de diversificar as operações de captação externa.

O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, deu o aval na quarta-feira, 26, para a operação, que ocorre justamente no dia em que o Tesouro vai anunciar o resultado das contas do governo central referente ao mês passado. A oferta dos títulos brasileiros ocorre nos mercados europeu e norte-americano.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Opinião

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.