Por Conteúdo Estadão Em Opinião

Pontualidade da TAM durante a Copa chegou a 95%

A presidente da TAM Linhas Aéreas, Claudia Sender, disse na tarde desta quarta-feira, 16, que a companhia atingiu pontualidade de 95% nos voos operados durante a Copa do Mundo, com tolerância de 30 minutos. A regularidade da malha da TAM de 12 de junho a 13 de julho chegou a 99,8%. De acordo com a companhia, esses números representam uma alta de 2,2 pontos porcentuais e 1,3 ponto porcentual, respectivamente, em comparação a igual período do ano passado.

A executiva utilizou o exemplo da seleção alemã, a campeã do torneio, para falar da montagem da operação da Copa. "Muita gente falou da preparação da seleção da Alemanha na Copa e seguimos o mesmo caminho: preparo, planejamento e investimento", disse. A companhia informou ter investido R$ 50 milhões para operar uma nova malha entre 12 de junho e 13 de julho.

A TAM remanejou voos para criar 750 operações domésticas extras e 350 internacionais extras. Também foram contratados 250 voos charters durante o mundial. As aeronaves reservas foram ampliadas de quatro para seis. "Muitos aeroportos suportaram picos de movimento nunca vistos anteriormente, como Cuiabá, que é uma cidade que não tem grandes eventos normalmente e se saiu muito bem", disse Claudia.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Opinião

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.