Por Conteúdo Estadão Em Opinião

Setor público grego faz greve de 24 horas

Os trabalhadores do setor público da Grécia estão realizando uma greve de 24 horas e suspenderam grande parte das atividades em hospitais estatais, aceitando apenas casos de emergência, para protestar contra as políticas de austeridade impostas em troca do programa de resgate do país.

A greve desta quarta-feira não afetou o transporte público, embora algumas estradas em Atenas central tenham sido brevemente fechadas para um protesto. Outra manifestação foi programada para hoje à noite (horário local).

O protesto ocorre no momento em que inspetores do Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e Comissão Europeia voltam a Atenas para avaliar o progresso do país em termos de reformas econômicas.

A Grécia tem contado com empréstimos de resgate do FMI e outros países da zona do euro depois de quase ir à falência em 2010. Em troca, o país teve de reformular a sua economia, diminuir o seu inchado setor público, cortar gastos e aumentar os impostos. Fonte: Associated Press.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Opinião

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.