Por Amanda Evelyn Em Blog e Colunas Atualizada em 26 NOV 2020 - 13H07

Vale Ressaltar #1– Matheus Estevão

Uma homenagem ao dia do músico

Aproveitando o dia do músico (22/11/2020), darei início a nossa coluna com uma “figurinha” conhecida no cenário musical de São José dos Campos e que sempre surpreende seus fãs com trabalhos cheios de capricho, estudo e intuição: Matheus Estevão.

É segurando uma cartola de mágico e com os dedos cheios de anéis que ele inicia o videoclipe de seu novo single "Confinamenos". Com o figurino de Marcela de Andrade e maquiagem artística de Ricieri dos Santos, Matheus Estevão aparece muito diferente de todos os seus outros trabalhos: mais teatral e circense neste trabalho cheio de detalhes e críticas sociais ao momento atual de Pandemia. Canta e interpreta calmamente a primeira estrofe: "De repente deu vontade de sair / De conhecer, de desbravar, de permitir / Eu que não era muito amigo de mim / Me vi".

Uma colher de chá e uma xícara de café, sofá vermelho, cartola de mágico, controle remoto e uma televisão de tubo são embalados por "Confinamenos" que apresenta, não somente na estética da caracterização do artista, como no instrumental e no coro da música, muita influência de músicas circenses. Extremamente crítico, sarcástico, irônico, ácido e cheio de "deboches" propositais, Matheus Estevão canta "Meu negócio é seguir / Independentemente do que li / Presidentemente eu ouvi" seguido de uma pose, efeito sonoro de quem está prestes a cuspir, color bars e estática de sua televisão de tubo, alguns pronunciamentos do atual Presidente da República, diversas imagens de seus companheiros músicos, entre outras cenas. 

O artista afirma que o processo de gravação do single foi realizado à distância, ou seja, cada um de seus instrumentistas (os guitarristas Diogo Tavano e Michel Souza, o tecladista Thiago Assis e a baixista Mayla Oliveira) estava em sua própria casa, utilizando apenas os equipamentos que tinham à disposição. “Isso trouxe texturas e timbres distintos para esta canção que apresenta influências circenses e teatrais.” – ressalta Matheus Estevão.

Além disso, a campanha de divulgação, planejada pela produtora Dessana Andrade, envolveu mini documentários em que o artista fala sobre como é estar confinado por tantos meses e os efeitos individuais e sociais que a quarentena tem proporcionado. E em suas Lives no Instagram, Matheus Estevão tem abordado temas como Saúde Mental, Fake News e Políticas Públicas para Mulheres.

#ValeRessaltar Matheus Estevão que vem se consolidado cada vez mais em sua carreira e tem se mostrado um artista cada vez mais completo, visceral e criativo... mesmo confinado! Que a vacina possa chegar logo para que possamos assistir “Confinamenos” em um show minuciosamente produzido e que  Matheus Estevão continue sendo aplaudido de pé por muitos e muitos anos.


Escrito por
Amanda Evelyn
Amanda Evelyn

Atriz, Comunicadora e Produtora

Iniciou sua carreira artística em 2006 como modelo e atriz. Participou do primeiro Núcleo de Artes Cênicas do SESI de São José dos Campos, montando as peças “O Mambembe”, “Olha a Onda” e “O Mistério de Hans”

Em 2012 foi uma das fundadoras do Teatro Universitário – Casa de Benê em que pôde participar do “Balaio Estudantil”, “Projeto Ademar Guerra” e do “29º Festivale” com a peça “Lira Para Piano e Pedras”.

Formou-se em Comunicação Social – Rádio e TV em 2015 e trabalhou por três anos em uma das Afiliadas da Rede Globo.

Hoje faz parte da primeira turma do Centro de Artes Cênicas Walmor Chagas, sendo este o primeiro curso de Teatro Profissionalizante de São José dos Campos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Blog e Colunas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.