Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Em nova fase, Giulia Be lança 'Lokko'

Depois do sucesso da música Menina Solta, a cantora Giulia Be começa uma nova fase como artista com o lançamento de Lokko. A música que estreou nesta quinta-feira, 10, é o resultado dos seis meses sem música solo, período em que a carioca de 20 anos buscou se conhecer e se ressignificar como pessoa e artista.

Em entrevista ao Estadão, Giulia diz que viveu um tempo de reflexão sobre os dois anos de carreira e tudo que conquistou com tão pouca idade. "Eu acho que foi um momento que eu mergulhei na música, mergulhei numa nova Giulia, numa nova identidade. Eu me permiti, permiti me encontrar e experimentar".

Após o debute na música, com seu primeiro single de carreira, Too bad, que fez parte da trilha sonora da novela O Sétimo Guardião, da Rede Globo, Giulia emplacou o hit, nacional e internacional, Menina Solta, e lançou músicas com grandes parcerias como Luan Santana e a dupla Simone e Simaria. Até música para seleção de Portugal na Eurocopa com português David Carreira, Ludmilla e Preto Show, ela fez. A cantora acredita agora estar pronta para uma nova fase na carreira com maturidade para arriscar mais e sair da zona de conforto.

"Eu precisava desse primeiro momento, dessa 'Menina Solta', para eu conseguir virar a menina solta que eu sou hoje, parece cafona, mas eu precisava ter escrito todas essas músicas e passado por esse processo como artista, essa primeira fase, para eu conseguir ver tudo de bom que eu aprendi e chegar nessa próxima fase querendo arriscar".

A curiosidade é que Lokko não é uma música exatamente nova. Ela foi escrita há dois anos, mas assim como sua autora, foi ressignificada para fazer sentido para essa nova fase e essa nova Giulia. Segundo a cantora, Lokko é uma música que ela e os fãs gostavam, e já chegou até ser tocada em show. "Mas eu não sentia que a versão anterior me representava 100% do jeito que estava", conta.

A nova roupagem da música traz referências da vida de Giulia e componentes de diversas fases da sua vida e daquilo que ela ouviu, além das descobertas dessa fase de nova significação. Podemos esperar nessa nova fase, muita inspiração das músicas dos anos 1980, nacionais e internacionais, tanto como dos anos 2000 e o pop dance atual trazido por The Weeknd e Dua Lipa.

"A música tem muitos elementos, e tentei trazer algo desde o trap, do pop, de algo mais sentimental, de algo mais falado, de coisas que nesses dois minutos conseguiram dar um ponto de partida", explicou Giulia Be.

Essa busca das novas referências e mudanças relacionadas à primeira fase de Menina Solta tiraram Giulia da sua zona de conforto e, segundo ela, foi uma mudança arriscada e diferente, mas que a deixou muito feliz com o resultado dela e da equipe na música.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.