Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Infectado pelo novo coronavírus, quadro do sambista Nelson Sargento tem piora

Internado desde quinta-feira, 20, após ser diagnosticado com covid-19, o sambista Nelson Sargento, de 96 anos, está em estado grave. Segundo a assessoria do compositor, a família autorizou sua intubação na tarde desta quarta-feira, 26.

Em nota, o Instituto Nacional de Câncer (Inca), onde Sargento está internado, informou que "o paciente foi transferido para a UTI no último sábado, 22, apresentando piora do padrão ventilatório e hipertensão, assim respirando com auxílio de máscara de oxigênio".

O Inca informou ainda que Nelson Sargento foi internado após apresentar quadro de desidratação, anorexia e significativa queda do estado geral. Ele foi diagnosticado com covid-19 assim que chegou ao hospital.

Nelson Sargento foi um dos primeiros cariocas vacinados contra o coronavírus. Ele recebeu a primeira dose da Coronavac em 31 de janeiro. À época, o compositor foi um dos nomes escolhidos pela Prefeitura do Rio para marcar o início da campanha de imunização na cidade.

Em fevereiro, em entrevista ao Estadão, Sargento lamentou a pandemia, que levou ao cancelamento do carnaval carioca e o obrigou a passar seus dias dentro do apartamento onde mora, em Copacabana, na zona sul. Na ocasião, porém, ele se mostrou otimista e falou sobre a felicidade de ter sido vacinado.

"Isso tudo vai passar. Tem que passar", disse o sambista, que se emocionou ao receber a primeira dose da vacina. "Levantei a manga da camisa, a moça fez o trabalho dela. Eu fui ao céu e voltei."

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.