Diversos

Parque Tecnológico de São José dos Campos cria certificação para cidades inteligentes no Brasil

Escrito por Meon

11 JUN 2021 - 11H34

https://pixabay.com/pt/photos/smart-cidade-circuito-conselho-4308821/ image (https://pixabay.com/pt/photos/smart-cidade-circuito-conselho-4308821/)

O Parque Tecnológico São José dos Campos está desenvolvendo a Certificação Nacional para Cidades Inteligentes, Resilientes e Sustentáveis, a primeira certificação para o modelo de cidade inteligente no Brasil. A criação é feita em conjunto com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e com a Prefeitura Municipal de São José dos Campos.

O conceito de cidade inteligente está se espalhando pelo Brasil, mas ainda há muita divergência na hora de definir o que é e o que não é uma Smart City, como o modelo é chamado no exterior. Por isso, o termo acabou se banalizando, sendo usado por vários governantes que tentam alegar o desenvolvimento de uma cidade inteligente apenas por conta de algumas soluções que envolvem a internet.

Agora, com a certificação criada pelo Parque Tecnológico São José dos Campos, os gestores públicos terão acesso a dados padronizados sobre as Smart Cities, que serão monitorados de maneira independente de qualquer órgão governamental. A partir das diretrizes definidas, o poder público poderá pautar o planejamento.

As cidades inteligentes são o futuro da urbanização. São várias as definições do termo, mas, em suma, uma cidade é considerada inteligente quando utiliza informações coletadas de maneira interconectada com o objetivo de entender melhor a vida dos habitantes e como a rotina pode ser melhorada, sempre utilizando os recursos disponíveis da melhor maneira possível, com foco na sustentabilidade social e ambiental.

O engenheiro industrial e colunista do site Tech Reviews, César Ferreira, deu alguns exemplos: "Quando falamos em melhoras na qualidade de vida através das tecnologias, é comum pensar primeiramente nos dados, na internet e no mundo virtual. No entanto, as tecnologias que compõe uma Cidade Inteligente nem sempre são deste tipo. Um exemplo é Songdo, na Coréia do Sul, onde todas as residências contam com um tubo que leva o lixo através de um sistema de ar comprimido até os centros de processamento, que são capazes de classificar automaticamente os resíduos recicláveis".

Para chegar à certificação nacional, as entidades consideraram os indicadores baseados nas normas NBR ISO que definem cidades e comunidades sustentáveis e tem como base a cartilha "Objetivos de Desenvolvimento Sustentável" da Organização das Nações Unidas.

São José dos Campos participa do projeto piloto da Certificação. Para ajudar a criar a metodologia de avaliação, uma consultoria especializada em cidades inteligentes realizou um diagnóstico do município, que avaliou os projetos e as soluções criadas na cidade para melhorar a qualidade de vida dos moradores. Em 2019, a Prefeitura assinou um contrato de quase R$40 milhões para a implantação do projeto "Cidade Inteligente", que previa a instalação de câmeras interconectadas para monitoramento facial e a instalação de internet via Wi-Fi em várias unidades públicas de saúde e esporte. No início deste ano, novas ferramentas foram integradas ao projeto: semáforos conectados e um aplicativo para emissão de notas fiscais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Diversos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.