Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Aos 34 anos, Andy Murray vai para Tóquio em busca do terceiro ouro olímpico

O tenista britânico Andy Murray vai disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio de 23 de julho a 8 de agosto. O anúncio foi feito, nesta quinta-feira, pela Associação Olímpica Britânica. Com isso, o escocês, de 34 anos, vai defender as medalhas de ouro conquistadas no individual em Londres/2012 e Rio/2016. Ele também soma a prata nas duplas mistas, com Laura Robson, em 2012.

Ex-número do mundo e detentor de três títulos do Grand Slam - US Open, em 2012, e Wimbledon, em 2013 e 2016 -, Murray vai disputar a competição individual, assim como Daniel Evans, e formará dupla com Joe Salisbury na competição de duplas.

Além de Murray, atual no 119º do ranking da ATP, Evans (26º) e Salisbury (11º nas duplas), vão representar a Grã-Bretanha no torneio de simples em Tóquio, que será disputado de 24 de julho e 1º de agosto, Johanna Konta e Heather Watson.

Andy Murray aproveitou uma regra que libera uma vaga para um campeão de um torneio de Grand Slam ou vencedor de uma medalha de ouro olímpica que não se tenha qualificado diretamente para o quadro principal.

Murray sofre com uma lesão crônica no quadril, que é tratada desde 2007. O tenista chegou a anunciar a aposentadoria das quadras, mas retornou após tratamento.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.