Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Após desistência da Argentina, Conmebol anuncia disputa da Copa América no Brasil

A Conmebol anunciou, nesta segunda-feira, que a próxima edição da Copa América será disputada no Brasil. As datas permanecem as mesmas - 11 de junho a 10 de julho -, mas as sedes ainda serão divulgadas. Manaus, Brasília, Natal e Recife são as cidades que deverão receber a competição continental de seleções.

O Brasil se torna sede da Copa América depois as desistências de Colômbia (problemas internos) e Argentina (pandemia) e teve como principal argumento o fato de possuir estádios em boas condições, apesar de estarem ociosos. Uma reunião foi realizada virtualmente nesta segunda-feira com a participação dos dez representantes das confederações sul-americanas.

Em um primeiro momento, o Brasil não era uma opção, por causa da disputa simultânea do Campeonato Brasileiro. Chile, Estados Unidos e até Israel surgiam como alternativas para 'salvar' a competição, que via pagar US$ 4 milhões (R$ 20,8 milhões) e mais US$ 10 milhões (R$ 52,2 milhões) para o selecionado campeão.

A Conmebol e a CBF fizeram uma consulta ao governo federal e receberam autorização por parte do presidente Jair Bolsonaro para a realização da Copa América no País, apesar doa altos números de casos e de mortes por covid-19.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.