Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Brasil bate Alemanha, de virada, e soma nona vitória na Liga das Nações feminina

A seleção brasileira feminina de vôlei derrotou a Alemanha, de virada, por 3 sets a 1, com parciais de 22/25, 25/17, 25/21 e 25/22, em Rimini, na Itália, pela segunda rodada da quarta semana da Liga das Nações. O time do técnico José Roberto Guimarães alcançou a nona vitória e é a vice-líder da competição, só atrás das norte-americanas. A equipe volta a atuar, nesta segunda-feira, diante da Tailândia, às 14h30.

Zé Roberto colocou em quadra o time inicial com Macris, Tandara, Gabi, Fê Garay, Bia, Carol e Camila Brait - Carol Gattaz, com dores no ombro, foi poupada. Com muitos erros, o Brasil perdeu o primeiro set para a Alemanha, que somava três vitórias na competição, mesmo depois de abrir 8 a 4 e 14 a 9.

No segundo set, a seleção voltou a repetir os mesmos erros de saque e no ataque. Só se recuperou quando Tandara foi para o saque e conseguiu uma boa sequência, abrindo 18 a 12 no placar. Mais uma vez, as alemães mostraram concentração no início do set e, com bom atuação de Orthmann, abriu 8 a 7 na terceira parcial. O Brasil foi se recuperar com a entrada de Rosamaria e Dani Lins. O duelo ficou equilibrado até o fim, com destaque para dois pontos decisivos de Bia.

Com Drewniok bem no saque, as alemães tentaram tudo no quarto set e foram para a primeira parada técnica na frente do placar: 8 a 6. Com Gabi forte no bloqueio, o Brasil disputou ponto a ponto até 21. Foi preciso parar o ataque de Orthmann para a seleção obter a vitória.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.