Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Lesionada, Simona Halep anuncia desistência e não disputará Roland Garros

Ex-número 1 do mundo e atual terceira colocada do ranking da WTA, a romena Simona Halep não vai disputar a edição deste ano de Roland Garros, Grand Slam em Paris que começará no próximo dia 30. A dúvida em relação à sua ausência se tornou uma certeza nesta sexta-feira, quando a tenista oficializou a sua desistência do torneio francês por causa da lesão muscular que sofreu durante a disputa do WTA 1000 de Roma, na Itália, na semana passada.

"É com o coração partido que eu anuncio minha desistência de Roland Garros neste ano. Infelizmente a distensão na minha panturrilha esquerda precisa de mais tempo de recuperação e o tempo para o torneio é muito curto", declarou a romena em um comunicado oficial divulgado pelas redes sociais.

"Desistir de um Grand Slam vai de encontro aos meus instintos e minhas aspirações como atleta, mas é a decisão certa a ser tomada. O pensamento de não estar em Paris me enche de tristeza, mas vou focar minha energia na recuperação e seguir positiva para voltar o mais rápido possível", acrescentou Halep, campeã em Roland Garros três anos atrás.

Com a desistência da romena em Roland Garros, fica agora a expectativa por seu retorno e se este acontecerá a tempo de disputar a temporada de grama, que começa logo após a competição em Paris. Halep é a atual campeã de Wimbledon, que foi disputado pela última vez em 2019 e não aconteceu no ano passado por causa da pandemia do novo coronavírus.

NA ESPERA - Brasileira mais bem colocada no ranking da WTA, Beatriz Haddad Maia ainda está na espera por desistências para disputar o qualifying de Roland Garros a partir desta segunda-feira. Mesmo após a definição dos convites para cinco jogadoras que estariam na zona do quali, o nome de Bia ainda não aparece na versão mais atualizada da lista de inscrições, divulgada na última terça. A organização do evento disponibiliza à imprensa novas versões da lista conforme as mudanças forem acontecendo.

Bia Haddad é a atual 225.ª do ranking, mas aparecia no 242.º lugar na data de fechamento das inscrições, em 26 de abril. Atualmente, a última a entrar no qualifying está sendo a húngara Dalma Galfi, que era a 234.ª colocada na data de inscrição. Dessa forma, são necessárias oito desistências para que a brasileira jogue em Paris.

As chances de Bia Haddad entrar no qualifying deste ano ficaram mais altas em comparação com as temporadas anteriores, com o recente anúncio do aumento no número de tenistas no qualificatório de 96 para 128 jogadoras.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.