Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

No Mineirão, Cruzeiro perde para o CRB por 4 a 3 e cai para a lanterna da Série B

A má fase do Cruzeiro para não ter fim. Neste domingo, o time mineiro chegou a buscar o empate depois de estar perdendo por 3 a 1, mas viu o CRB marcar aos 43 minutos do segundo tempo e ganhar por 4 a 3, em pleno Mineirão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Sem pontuar depois de dois jogos, o Cruzeiro amarga a lanterna e vê a pressão aumentar em cima do técnico Felipe Conceição. O CRB manteve a invencibilidade e encostou nos líderes ao somar seu quarto ponto neste início de campeonato.

A partida começou eletrizante no Mineirão. Logo aos quatro minutos, Diego Torres cobrou escanteio, Lucas França saiu mal e Marthã cabeceou para o gol aberto. A vantagem do CRB, porém, durou apenas quatro minutos. Raúl Cáceres cruzou, a zaga não cortou e Airton se antecipou a marcação para cabecear no canto de Diogo Silva.

O Cruzeiro continuou em cima do CRB em busca da virada e ela quase veio aos 19 minutos. Bisolli acertou um bonito voleio e o goleiro fez a defesa. Em boa troca de passes, Rafael Sóbis recebeu de Bisolli e cabeceou. Diogo Silva espalmou e o rebote sobrou para Bruno José, que isolou.

Quando parecia que a virada celeste era questão de tempo, o CRB marcou aos 31 minutos. Diego Torres cobrou falta, a bola desviou na barreira e tirou Lucas França do lance. Dessa vez, o Cruzeiro sentiu o gol e quase levou o terceiro em chute de Ewandro defendido pelo goleiro.

Na volta do segundo tempo, o Cruzeiro foi surpreendido aos seis minutos. Após chutão, Ramon falhou, Hyuri invadiu a área e bateu na saída de Lucas França. O goleiro celeste ainda tocou na bola, que bateu na trave antes de entrar. O gol deixou o clima ainda mais nervoso e Rafael Sóbis reclamou ao ser substituído por Stênio.

Mas a reação do Cruzeiro foi rápida. Aos 13, Rômulo cobrou escanteio e Ramon diminuiu. O empate só não veio na sequência porque Diogo Silva defendeu finalização de Rômulo. Na sequência foi a vez do CRB assustar. Gum dominou na entrada da área e viu a bicicleta acertar a trave.

A pressão celeste era grande. Aos 34 minutos, Frazan tirou bola em cima da linha após confusão entre Diogo Silva e Gum. Os jogadores do Cruzeiro alegaram que a bola havia entrado. O empate veio aos 40. Rômulo cobrou escanteio e Matheus Barbosa cabeceou no cantinho.

Três minutos depois, o CRB voltou a ficar na frente do placar. Jean Patrick recebeu de Erik, dominou e acertou uma bomba no ângulo de Lucas França. O Cruzeiro abusou dos cruzamentos no fim da partida e não conseguiu buscar o empate.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, às 16h30, pela terceira rodada. O Cruzeiro joga mais uma vez no Mineirão, dessa vez contra o Goiás, e o CRB recebe o Confiança, no Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 3 x 4 CRB

CRUZEIRO - Lucas França; Raúl Cáceres, Joseph, Ramon e Matheus Pereira; Rômulo, Flávio (Matheus Barbosa) e Rafael Sóbis (Stênio); Bruno José, Bissoli e Airton (Felipe Augusto). Técnico: Felipe Conceição.

CRB - Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Frazan e Guilherme Romão; Marthã (Claudinei), Jean Patrick e Diego Torres (Dudu); Ewandro (Erik), Alisson Farias (Celsinho) e Hyuri (Vitão). Técnico: Allan Aal.

GOLS - Marthã, aos 4, Airton, aos 8, e Diego Torres, aos 31 minutos do primeiro tempo; Hyuri, aos 6, Ramon, aos 13, Matheus Barbosa, aos 40, e Jean Patrick, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Ramon (Cruzeiro); Diogo Silva, Marthã, Claudinei e Ewandro (CRB).

ÁRBITRO - Douglas Marques das Flores (SP).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.