Por Conteúdo Estadão Em Brasil & Mundo

Serena Williams sofre outra queda precoce e cai nas oitavas de torneio na Itália

Serena Williams teve o mesmo roteiro da semana passada em quadra, nesta terça-feira, em mais uma torneio em piso de saibro na Itália. Assim como havia acontecido no WTA 1000 de Roma, a americana amargou mais uma eliminação precoce. Convidada para o WTA 250 de Parma e principal cabeça de chave, a ex-número 1 do mundo e atual oitava colocada do ranking não passou das oitavas de final. Foi superada pela checa Katerina Siniakova, 68.ª colocada, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/2.

A tenista de 39 anos até venceu a estreia em Parma, contra a jovem italiana Lisa Pigato, de apenas 17, na segunda-feira, mas chegará a Roland Garros tendo disputado apenas três partidas no saibro e perdido para duas rivais de fora do Top 40.

Antes dos dois torneios italianos, Serena Williams só havia jogado na Austrália, tendo sido semifinalista tanto no WTA 500 de Melbourne, quanto no Aberto da Austrália. Na temporada 2021, possui nove vitórias e agora três derrotas.

Já Siniakova, de 25 anos, tem a comemorar a quinta vitória da carreira contra uma Top 10. Sua próxima adversária virá do jogo entre a alemã Anna-Lena Friedsam e a francesa Caroline Garcia. Enquanto a tenista da França já havia vencido na última segunda-feira, a da Alemanha estreou nesta terça vencendo a suíça Viktorija Golubic por 6/4, 6/7 (1/7) e 6/2.

OUTROS JOGOS - Semifinalistas em Roma, a croata Petra Martic e a americana Coco Gauff mantiveram a boa fase no saibro italiano e estrearam com vitória. Segunda cabeça de chave e número 23 do mundo, a tenista da Croácia superou a russa Varvara Gracheva por 6/4 e 6/2. Vai encarar agora outra rival da Rússia: Liudmila Samsonova, que está em 105.º lugar no ranking da WTA.

Gauff teve mais dificuldade. Terceira favorita no torneio e número 30 do mundo, a jovem americana de 17 anos venceu um duelo de gerações contra a experiente estoniana Kaia Kanepi, de 35 anos, em dois tie-breaks: 7/6 (8/6) e 7/6 (9/7). Sua próxima rival será a italiana Camila Giorgi, que venceu a também americana Christina McHale.

Também nesta terça-feira, a experiente Sloane Stephens garantiu o seu lugar nas quartas de final. No jogo que encerrou a programação da quadra central, a americana buscou a virada diante da russa Daria Kasatkina por 2 sets a 1 - com parciais de 1/6, 6/4 e 7/5. A ex-número 3 do mundo (hoje em 65.º lugar) e campeã do US Open em 2017 jogará contra a vencedora do duelo desta quarta entre a italiana Sara Errani e a espanhola Sara Sorribes Tormo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil & Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.