Meon Esporte

Os 10 melhores jogos da primeira fase da Eurocopa

Depois de um ano de espera, a Euro 2020 está chegando; 24 seleções do continente disputam o posto de melhor da Europa em um torneio histórico

Escrito por Do Meon

04 JUN 2021 - 10H05 (Atualizada em 04 JUN 2021 - 14H58)

Captura de Tela 2021-06-04 às 14.02.31

Depois de um ano de espera, a Euro 2020 está chegando. A partir do dia 11 de junho, 24 seleções do continente disputam o posto de melhor da Europa em um torneio histórico: pela primeira vez, a competição será disputada em 11 países diferentes.

A final está marcada para 11 de julho no Wembley Stadium, em Londres. Até lá, no entanto, muito água vai rolar, sobretudo na primeira fase. São 36 partidas na rodada de grupos, cada uma com um ingrediente diferente. Separamos 10 jogos imperdíveis para assistir antes do mata-mata da Euro.


Turquia x Itália (Grupo A)



Quando: 11/06, às 16h

Onde: Estádio Olímpico de Roma (Itália)

É claro que não dá pra perder o jogo de abertura da competição, certo? Sobretudo quando entra em campo uma seleção tetracampeã mundial. É verdade que a Itália foi uma grande decepção na última década, sobretudo por ter ficado fora da Copa de 2018, mas a Azzurra passa por um processo de renovação sob o comando de Roberto Mancini. Já são mais de 2 anos de invencibilidade, a maior série entre as seleções europeias. Os italianos tentam quebrar um jejum de mais de 50 anos sem vencer a Euro, já que o último (e único) título foi em 1968.

Do outro lado está a Turquia que lidera seu grupo nas eliminatórias e certamente fará jogo duro contra os italianos, mesmo jogando fora de casa. Vale a pena ficar de olho no duelo de artilheiros: de um lado Ciro Immobile, do outro Burak Yılmaz (campeão francês com o Lille).


Inglaterra x Croácia (Grupo D)



Quando: 13/06, às 10h

Onde: Wembley Stadium (Londres, Inglaterra)

A Inglaterra tem à disposição do técnico Gareth Southgate uma das melhores gerações de sua história. Nomes como Trent Alexander-Arnold, Jadon Sancho, Mason Mount, Phil Foden, Marcus Rashford, Declan Rice e Jude Bellingham enchem os ingleses de esperança por um título inédito. Tudo isso sob o comando do experiente Harry Kane, que vem de temporada brilhante e é um dos candidatos a craque do torneio.

A adversária da estreia será a Croácia, ou seja, uma reedição da semifinal da Copa de 2018, quando os croatas levaram a melhor e avançaram à grande final. É verdade que a seleção comandada por Zlatko Dalic não vive o melhor momento, mas há de se respeitar uma equipe que conta com nomes como Luka Modric, Ivan Perisic, Marcelo Brozovic e outros destaques do futebol europeu.


Holanda x Ucrânia (Grupo C)



Quando: 13/06, às 16h

Onde: Johan Cruyff Arena (Amsterdam, Holanda)

A partida contra os ucranianos tem um sabor especial para os holandeses. Afinal, marca o retorno da seleção à uma grande competição, já que a Holanda ficou fora da Euro 2016 e da Copa do Mundo de 2018. A Ucrânia também não tem boas lembranças da última participação na competição europeia, pois terminou com a pior campanha.

Apesar disso, as duas seleções chegam com ânimos renovados e são apontadas com as duas maiores forças da chave. A Holanda tem um grande trabalho do técnico Frank de Boer e conta com nomes como Memphis Depay, Georgino Wijnaldum e Frenkie de Jong. Já a Ucrânia é comandada pelo maior ídolo de sua história, o ex-atacante Andriy Shevchenko, e aposta na qualidade de Andriy Yarmolenko e Oleksandr Zinchenko.


Dinamarca x Bélgica (Grupo B)



Quando: 17 de junho, às 13h

Onde: Estádio Parken (Copenhague, Dinamarca)

As duas principais favoritas do grupo B se encontram na segunda rodada, em Copenhague. O favoritismo é da Bélgica, que é apontada com candidata ao título. A equipe manteve a base que foi 3ª colocada na Copa da Rússia que é de assustar qualquer um: Courtois, De Bruyne, Hazard, Lukaku, Carrasco, Tielemans, entre outros craques do futebol europeu, comandados pelo técnico espanhol Roberto Martínez.

A Dinamarca tem alguns talentos no meio-campo, como Christian Erikssen e Pierre Hojbjerg, e vive bom momento. Pesa a favor dos dinamarqueses o fato de jogar em casa. Porém, as duas seleções se enfrentaram na última Nations League, e os belgas levaram a melhor nos dois confrontos.


Espanha x Polônia (Grupo E)



Quando: 19 de junho, às 16h

Onde: Estádio de La Cartuja (Sevilla, Espanha)

Após estrear contra a Suécia, a Fúria terá pela frente a seleção polonesa. Apesar de não ser considerada uma grande favorita ao título, a Espanha vem de boas campanhas na Nations League e nas Eliminatórias e merece respeito. O técnico Luis Enrique aposta na juventude de nomes como Ferrán Torres, Pedri e Dani Olmo, mas também conta com a experiência de Sergio Busquets, Koke, Thiago Alcântara, entre outros.

A Polônia não está entre as favoritas ao título e não encanta muita gente, mas conta com um certo Robert Lewandowski no ataque. O artilheiro do Bayern de Munique e melhor jogador do mundo pela FIFA é a grande esperança dos poloneses para o confronto.


Portugal x França (Grupo F)



Quando: 23 de junho, às 16h

Onde: Puskás Aréna (Budapeste, Hungria)

Este é, talvez, o jogo mais aguardado desta primeira fase. De um lado, os atuais campeões mundiais. Do outro, os últimos campeões europeus. Mais do que isso, França e Portugal possuem elencos muito qualificados e não à toa são considerados favoritos nas análises de apostas para a Euro. Além disso, trata-se de uma reedição da final de 2018, quando os portugueses bateram os franceses na prorrogação em Paris.

A França chega basicamente com a equipe campeã mundial, mas tem o reforço do atacante Karim Benzema, que está de volta à seleção. Já Portugal conta com uma geração bastante talentosa de nomes como Ruben Dias, Bruno Fernandes, João Félix, Diogo Jota, entre outros. Além de um certo Cristiano Ronaldo no ataque, claro.


Itália x Suíça (Grupo A)




Quando: 16 de junho, às 16h

Onde: Estádio Olímpico de Roma (Itália)

Há algum tempo, um confronto entre Itália e Suíça seria certeza de jogo amarrado e 0 a 0 no placar. Afinal, são duas seleções marcadas historicamente pelo estilo defensivo. Porém, o que tem se visto nos últimos jogos dessas seleções são muitos gols, o que indica que teremos uma partida bastante movimentada em Roma.

Pode-se dizer que Itália e Suíça são as duas favoritas do grupo, com a Turquia correndo por fora. O confronto, portanto, é chave para definir quem passará em primeiro lugar e pode ser fundamental para um caminho menos complicado no mata-mata.


República Tcheca x Inglaterra (Grupo D)



Quando: 22 de junho, às 16h

Onde: Wembley Stadium (Londres, Inglaterra)

A Inglaterra encerra sua participação na fase de grupos contra a perigosa República Tcheca, que vem de uma boa campanha na Nations League, garantindo o acesso para a primeira divisão. Apesar de não contar com a qualidade do English Team, a seleção comandada por Jaroslav Šilhavý pode causar problemas, sobretudo pela forte marcação.

Os tchecos não guardam boas lembranças de Wembley. Foi nesse estádio que a seleção foi derrotada pela Alemanha na final da Eurocopa de 1996. Porém, pode ser o momento de escrever uma nova história no maior templo do futebol da Inglaterra.


França x Alemanha (Grupo F)



Quando: 15 de junho, às 16h

Onde: Allianz Arena (Munique, Alemanha).

Além de Portugal e França, o grupo F também conta com outra gigante do futebol mundial: a Alemanha. É verdade que o país vive um péssimo momento, com direito a goleada sofrida para a Espanha por 6 a 0 e derrota em casa para a Macedônia, dois vexames que o torcedor dificilmente vai esquecer. Apesar disso, a camisa alemã sempre gera respeito, sobretudo em um clássico deste tamanho.

O técnico Joachim Low chamou de volta alguns nomes experientes, como Thomas Muller e Mats Hummels, e a equipe tem como base o Bayern de Munique, com nomes como Neuer, Gnabry, Kimmich, Goretzka e Sané. O duelo estará repleto de jogadores que estiveram na final da Champions League: Havertz, Gundogan, Rudiger e Werner de um lado, Kanté, Zouma e Giroud do outro.


Portugal x Alemanha (Grupo F)



Quando: 19 de junho, às 13h

Onde: Allianz Arena (Munique, Alemanha)

Fechando a lista, mais um clássico do futebol europeu logo na segunda rodada da chave. Quem vencer coloca um pé nas oitavas. Quem perder pode se complicar no grupo da morte. O momento é todo dos portugueses, atuais campeões da Euro e da Nations League, com alguns jogadores voando baixo em suas respectivas equipes.

No entanto, o retrospecto pesa muito a favor dos alemães: são 10 vitórias em 18 partidas contra os lusos. A última vitória de Portugal sobre a Alemanha foi em 2000, justamente em uma partida válida pela Eurocopa, por 3 a 0.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Do Meon, em Meon Esporte

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.