Regional

Segunda Divisão: Manthiqueira perde fora de casa e está eliminado da Bezinha

Com a derrota para o União Suzano, equipe de Guaratinguetá fica fora da zona de classificação para oitavas de final e dá adeus ao sonho do acesso

Escrito por Jogando Juntos

26 SET 2021 - 18H49 (Atualizada em 26 SET 2021 - 21H52)

TV FPF/Reprodução Manthiq 954 (TV FPF/Reprodução)

A participação do Manthiqueira de Guaratinguetá no Campeonato Paulista da Segunda (4ª) Divisão desta temporada terminou neste domingo (26). O time precisava vencer o líder União Suzano Atlético Clube (USAC) fora de casa e acabou perdendo, por 1 a 0. Assim, não conseguiu aproveitar a derrota do concorrente de grupo União de Mogi das Cruzes e a vitória apertada do Catanduva na disputa pela vaga de índice técnico.

Na 10ª e última rodada da fase inicial, o Manthiqueira levou seus 12 pontos a Suzano, onde o já classificado USAC queria a vitória para confirmar a melhor campanha de vantagens no mata-mata da reta decisiva.

Com uma vitória, o Manthiqueira poderia ultrapassar o União de Mogi das Cruzes, de 13 pontos, e reconquistar a terceira e última posição da zona de classificação do Grupo 5. O Mauá, que recebeu o Atlético de Mogi das Cruzes e venceu por 2 a 1, confirmou a segunda vaga do grupo.

Em Mogi das Cruzes, o União perdeu para o Esporte Clube União Suzano (ECUS) por 2 a 1, as favorecido pela derrota do Manthiqueira, ficou com a terceira vaga. O time suzanense, com a vitória, chegou aos mesmos 13 pontos do União Mogi, mas em desvantagem no saldo de gols.

Sem a terceira colocação do Grupo 5, a opção do Manthiqueira seria sustentar a condição de melhor entre os quartos colocados do cinco grupos. A vaga por índice técnico acabou ficando para o Catanduva, que somava 12 pontos terminou com 15. Fora de casa, a equipe catanduvense venceu a já classificada Internacional de Bebedouro por 1 a 0.


A sequência

A disputa pelas duas vagas de acesso à Série A-3 do ano vem continuará com o primeiro mata-mata, das oitavas de final. A classificação geral determinou os seguintes confrontos: União Suzano x Colorado de Caieiras, XV de Jaú x Vocem de Assis, Flamengo de Guarulhos x União de Mogi das Cruzes, Mauá x Grêmio São-Carlense, Rio Branco de Americana x Catanduva, Paulista de Jundiaí x Grêmio Prudente, Matonense x Internacional de Bebedouro e Independente de Limeira x Taquaritinga.


O jogo

O União Suzano resolver poupar os titulares que começaram no banco de reservas. Apostando na força do seu elenco, o time da casa não deixou o Manthiqueira assumir o controle das ações, mas possibilitou uma partida equilibrada e ataques alternados.

Os dois goleiros foram eficientes e com algumas defesas arrojadas foram determinantes para um primeiro tempo sem gols. Já no começo do segundo, a abertura do placar chegou em um pênalti para o USAC, aos 11 minutos. Na jogada, o atacante Romário invadiu a área pela meia esquerda e foi desequilibrado pelo lateral-direito Matheus Ferreira ao armar a finalização. Na cobrança, o atacante PK chutou forte, por baixo, no canto direito e além do alcance do goleiro.

Aos 19, o USAC teve o meia-atacante Matheus Piauí expulso por segundo cartão amarelo. Mesmo assim, o Manthiqueira não conseguiu desestabilizar a defesa adversária e ainda também perdeu um jogador expulso por segundo cartão amarelo, o meio-campista Toró, aos 40.

Como o USAC não conseguia aproveitar os contragolpes para fazer um segundo gol e liquidar o adversário, o Manthiqueira tentou até o final dos cinco minutos de acréscimos. Todavia, não encontrou um gol de empate que permitiria o sonho de uma virada.

Agora, com a eliminação, o Manthiqueira deverá liberar a maioria dos jogadores e esperar o campeonato do ano que vem. Os mais jovens poderão ficar para o elenco que deverá disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro.


Os times

O Manthiqueira, do assistente técnico Tarcísio Fernandes: Yago; Matheus Ferreira, Jhonny, João Gabriel e João Pedro (Conrado – intervalo); Iago Cuiabá (Wesley 29´/2º), Osmar Toró, Rodrigo e Anderson; Dudu e Luiz Henrique.

O USAC, do técnico Ricardo Costa: Matheus Brito; DG (Leonan 29´/2º), Geovani, Jemmes e Roca (Gustavo Lobó 35´/2º); Vinícius Cachorro (Tenner 23´/2º), Pablo e Matheus Piauí; Dener Santos (Felipinho 35´/2º), PK (Mendes 35´/2º) e Romário.

No estádio Francisco Marques Figueira, a equipe de arbitragem contou com: Guilherme Nunes de Santana (árbitro), Alex Alexandrino (assistente 1), Giovanni Crescêncio (assistente 2), Antonio Carlos Santana (quarto árbitro) e Márcio Luiz Augusto (analista de vídeo).

TV FPF/Reprodução
TV FPF/Reprodução
A cobrança do pênalti que definiu o placar do jogo


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.