Por Meon Em Regional

São José Futebol Feminino passa por considerável reformulação

O elenco vai para o Brasileirão com 16 novas jogadoras contratadas

A versão 2020 do São José Futebol Feminino virá com uma considerável reformulação. Do elenco de 2019, apenas sete jogadoras foram mantidas e três históricas saíram. Além do técnico, 16 chegaram contratadas, sendo três de projeção nacional pelo Taubaté. A estreia em mais um Brasileirão, no Rio Grande do Sul, já tem local definido.

Depois de um 2019 que teve como maior conquista a permanência na divisão de elite do Campeonato Brasileiro, o São José decidiu promover uma reformulação. Antes da virada do ano, o técnico Adilson Galdino dos Santos voltou ao clube e passou a trabalhar diretamente na montagem do elenco com a coordenadora Renata Love.

Na semana passada, a direção divulgou a renovação de contrato de seis jogadoras e mais a promoção de uma das categorias de base. Zany (goleira), Vitória Bruna (zagueira), Duda Batista, Rafa Soares (volante), Fernanda Tipa e Geisi (atacantes) permanecem e Fabíola (lateral-esquerda) sobe do sub-20.

Agora, ao anunciar cinco contratações e depois mais 11, o São José fechou o elenco inicial e indiretamente conferiu a liberação de alguns nomes bem conhecidos e anos de clube. A atacante Michele Carioca, a meia Carlinha e a volante Edna Baiana eram as remanescentes dos grupos das grandes conquistas entre 2011 e 2015, como o Mundial de Clubes a as três Libertadores da América.

Novidades

No sábado, entre as cinco jogadoras apresentadas, a meio-campista Rafa Marques era a mais conhecia na região. Aos 23 anos, vinha da melhor temporada do Taubaté. A goleira Jéssica (28 anos e ex-Vitória-PE), a lateral-esquerda Juju (26, Iranduba-AM e Grêmio), a zagueira Amanda (31, Flamengo) e a atacante Mylena Pedro (21, Kinderman-SC e Internacional-RS), completaram a lista.

Nesta segunda-feira, 11 novos nomes foram apresentados e com mais dois conhecidos na região. As atacantes Ariel (25 anos) e Mylena Carioca (20) ganharam projeção com a excelente campanha do Taubaté no Brasileiro da Série B e depois foram terminar 2019 no Rio de Janeiro, respectivamente no Fluminense e Botafogo.

As outras nove contratadas: Giovana (goleira, 22, Ribeirão Preto), Raquel Beatriz (lateral-direita, 23, Vitória-BA), Mari Machado (lateral-esquerda, 30, Ponte Preta), Rayane (zagueira, 20, São Paulo), Bruna Amarante (zagueira, 35, Foz Cataratas-PA), Fabi Ramos (volante, 34, Vitória-BA), Tahynara (volante, 28, Foz Cataratas), Joelma (atacante, 24, Ponte Preta) e Jhorrayna (atacante, 18, Bonfim-SP).

A estreia

O primeiro jogo do São José pelo Brasileiro da Série A já estava programado para o dia 9 de fevereiro, um domingo, às 15h, no Rio Grande do Sul, contra o Internacional. Agora, com a Confederação Brasileira de Futebol divulgando a tabela detalhada do campeonato, a partida está confirmada para Porto Alegre e no estádio Universitário da PUC.

A partida da segunda rodada será a primeira em São José dos Campos, no dia 13 de fevereiro, uma quinta-feira, às 19h, recebendo o Cruzeiro no estádio Martins Pereira.

cm_929

Na foto (de Rafael Citro/EC Taubaté), Ariel enfrentando o São José no Martins Pereira.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.