Regional

São José volta a empatar pelo mesmo placar da estreia no Paulista da Série A-3

O time perdeu um jogador expulso na metade do primeiro tempo e soube buscar um ponto fora de casa

Escrito por Jogando Juntos

10 MAR 2021 - 21H30 (Atualizada em 10 MAR 2021 - 21H36)

TV FPF/Reprodução Águia 991 (TV FPF/Reprodução)

No segundo jogo pelo Campeonato Paulista da Série A-3, o São José voltou a empatar e com o mesmo placar de 2 a 2. Na tarde desta quarta-feira, como visitante do Capivariano, na cidade de Porto Feliz, o time alternou bons e maus momentos, mas teve forças para somar um ponto sem um jogador expulso na metade do primeiro tempo.

Com a mesma formação que recebeu o Linense na rodada de abertura, o São José teve uma primeira meia hora bem diferente. Recuado, sem conseguir tomar a bola do adversário e ainda com falhas de cobertura, aos 20 minutos, perdeu o meia-atacante Radsley. Em um contra-ataque, ele derrubou o atacante André que já estava chegando na área para concluir diante do goleiro.

Quando o técnico Ricardo Costa preparava a substituição do centroavante Anderson Magrão pelo estreante atacante de velocidade Lucas Formiga, o Capivariano abriu o placar, aos 26 minutos. Um escanteio cobrado da direita, por baixo e para trás, atravessou a defesa e encontrou o atacante Emanuel livre para dominar e mandar um chute em diagonal e pelo alto.

O Capivariano tentou explorar o bom momento para a ampliar a vantagem, mas o São José melhorou depois da conversa do técnico com os jogadores na parada de hidratação. Três chances de gol foram criadas e o empate não veio porque Lucas Formiga desperdiçou duas e Branquinho, a outra.

A igualdade também poderia ter vindo aos 34, em um gol aparentemente mal anulado. O lateral-direito Denis cobrou falta em diagonal e o zagueiro Douglas Mendes fechou na primeira trave, desviando a cabeçada. O bandeirinha Rodrigo Bernardo sinalizou impedimento e talvez não tenha visto o lateral-direito Fatel, perto da outra trave, mais próximo da linha de fundo.

Reação

Mesmo com um jogador a menos, o São José voltou do intervalo atacando e criando oportunidades. Lucas Formiga chutou para fora quando tinha duas opções de passe e o zagueiro Gutierrez exigiu defesa arrojadada do goleiro Moisés em uma cabeçada. Assim, aos 6 minutos, o empate chegou quando Branquinho cobrou escanteio da esquerda e Gutierrez, subindo entre um zagueiro e o goleiro, desviou de cabeça para o canto esquerdo.

Instável na defesa, o São José voltou a ficar em desvantagem. Aos 22 minutos, Gutierrez errou um passe ao tentar sair jogando e a pressão da marcação dos atacantes adversários rendeu uma sobra de bola que André aproveitou para chutar e fazer 2 a 1.

O Capivariano poderia ter liquidado a partida em um contra-ataque, aos 35 minutos. Alan Lopes sentiu uma contusão muscular e caiu, deixando três adversários livres para uma descida contra o goleiro. Todavia, ao querer definir o lance com um chute forte, o atacante Neto Costa mandou no travessão e possibilitou a recuperação dos defensores.

Sempre com muita disposição e também superando a perda de um jogador expulso na metade do primeiro tempo, o São José foi buscar um novo empate, aos 43 minutos. Denis cobrou um escanteio da direita, o goleiro não alcançou e o lateral-esquerdo Oliveira, fechando do outro lado, foi preciso ao chutar de primeira.

No tempo restante, o Capivariano ainda tentou pressionar, mas o São José também teve a chance de vitória quando o meia Ícaro soube se apresentar para a conclusão e acabou chutando em cima do goleiro.

Agora, o São José terá a segunda partida em casa, no sábado, às 19h, recebendo o Votuporanguense no estádio Martins Pereira. O time de Votuporanga estreou perdendo como visitante do Rio Preto, por 1 a 0 e nesta quarta-feira, recebendo o Marília, ficou no 0 a 0.

Os times

O São José, do técnico Ricardo Costa: Vitor Prada; Denis, Gutierrez, Douglas Mendes e Oliveira; Josiel (Pablo – intervalo), Alan Lopes (Carlos 36´/2º) e Branquinho (Ícaro 23´/2º); Eri Mamer (Santiago – intervalo), Anderson Magrão (Lucas Formiga 26´/1º) e Radsley. Permaneceram no banco: o goleiro Douglas Marques e o zagueiro Dema.

O Capivariano, do técnico Jardel Zamberlam: Moisés; Fatel (Juan Santos 26´/2º), Jammes, Pavani e Garagau; Léo Paulino (Carlos Eduardo 13´/2º), Corrêa e Neto Alexandre; André (Feliphe 33´/2º), Neto Costa e Emanuel (Lucas Gomes 26´/2º).

No estádio Ernesto Rocco, em Porto Feliz, a equipe de arbitragem contou com: Guilherme Francisco Maciel da Silva E Rosário (árbitro), Rodrigo Meirelles Bernardo (assistente 1), Denis Matheus Afonso Ferreira (assistente 2), Renan Pantoja de Quequi (quarto árbitro) e José Henrique de Carvalho (avaliador de campo).

TV FPF/Reprodução
TV FPF/Reprodução
Gutierrez subindo para fazer o primeiro gol do São José


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.