Regional

Taubaté empata sem gol em casa e fica seis pontos distante da zona de classificação

O time conseguiu volume de jogo ofensivo contra o Audax e também continuou sem a contundência necessária

Escrito por Jogando Juntos

04 MAI 2021 - 00H16 (Atualizada em 04 MAI 2021 - 00H23)

Bruno Castilho/EC Taubaté Taubaté 975 (Bruno Castilho/EC Taubaté)

O Taubaté não saiu do 0 a 0 com o Audax Osasco, na noite desta segunda-feira, no Joaquinzão e ficou seis pontos distante da zona de classificação do Paulista da Série A-2, restando quatro rodadas. O time novamente teve volume de jogo ofensivo, mas sem a contundência necessária para somar os três pontos que a 11ª partida do campeonato cobrava.

A formação taubateana surgiu sem o atacante Luiz Fernando, o meio-campista Betinho e o meia Marcelinho, por problemas físicos. O zagueiro Oliveira, de contusão nas primeiras rodadas, seguiu afastado. O também zagueiro Ferreira, aos 18 minutos, sofreu contusão e saiu substituído por Henrique, reestreando no Taubaté.

O jogo

Principalmente com as investidas do atacante Brenner pela direita, o Taubaté começou criando algumas oportunidades. Na primeira delas, Esquerdinha pegou de primeira em um passe cruzado e o goleiro deu sorte por estar na trajetória da bola. Em outra, aos 23, Brenner chutou em diagonal e o goleiro fez boa defesa.

O Audax explorava as escapadas do lateral-direito Wesley Bolinha. Em uma delas, aos 17 minutos, o zagueiro taubateano Ferreira sentiu uma contusão na coxa ao correr para tentar o desarme e deixou o campo.

O Taubaté estava melhor, mas ainda no primeiro tempo levou um grande susto, aos 37. O goleiro Felipe errou um passe na saída de jogo e David Lucas teve a chance de um chute forte que passou perto da trave esquerda.

Pressionando

O Taubaté aumentou a pressão na volta do intervalo. Aos 10 minutos, Esquerdinha fez boa jogada invadindo a área do Audax e o centroavante Tadeu, aproveitando o embalo, teve o chute bloqueado.

Sem a contundência necessária, o Taubaté deixou passar boa chance no final, aos 42. Acompanhando cruzamento em diagonal da esquerda, Adriano alcançou a bola, mas não deu o encaminhamento adequado. O Audax, nos cinco minutos, passou a valorizar o empate.

Agora, pela 12ª rodada, o Taubaté será visitante do São Bernardo Futebol Clube, quinta-feira, às 22h, em Campinas, no estádio do Guarani, o Brinco de Ouro. Depois, no domingo, receberá o Rio Claro, às 20h.

Times

O Taubaté, do técnico Marcelo Martelotte: Felipe; Buchecha (Jeff Silva 41´/2º), Ferreira (Henrique 41´/2º), Doni e Anderson Santos; Elias Ceará (Ygor – intervalo), Elivelton e Esquerdinha; Brenner, Tadeu (Adriano 20´/2º) e Erick Salles (Rodriguinho 41/2º).

O Audax, do técnico Cavalinho: Jefferson Romário; Wesley Bolinha (Borghetti 33´/2º), José Romário, Lucas Andrade e Diego Maia; David Lucas, Samuel (Brasília – intervalo), Romarinho e Marcondele (Fidel 26´/2º); Damasceno (Guilherme Vieira 33´/2º) e Paulo Morais (Steylor 26´/2º).

No estádio Joaquim de Morais Filho a arbitragem contou com: Flávio Roberto Mineiro Ribeiro (árbitro), Ricardo Busette (assistente 1), Diego Morelli de Oliveira (assistente 2), Márcio Mattos dos Santos (quarto árbitro) e Cláudio Roberto da Costa (avaliador de campo).

Bruno Castilho/EC Taubaté
Bruno Castilho/EC Taubaté
O centroavante Tadeu marcado por dois jogadores do Audax


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.