Regional

Taubaté perde em São Caetano e fica fora da briga pela classificação na Copa Paulista

O time precisava vencer para manter as esperanças até a última partida que será na sexta-feira e contra o líder

Escrito por Jogando Juntos

12 OUT 2021 - 18H24 (Atualizada em 12 OUT 2021 - 18H35)

Caíque Toledo/EC Taubaté Taubaté 938 (Caíque Toledo/EC Taubaté)

O Taubaté perdeu na visita desta terça-feira à tarde ao São Caetano, por 2 a 1 e está fora da disputa por uma vaga nas quartas de final da Copa Paulista. Na sexta-feira, receberá a Portuguesa e apenas cumprirá tabela na despedida.

Com cinco pontos ganhos em seis das oito partidas programadas, o Taubaté precisava vencer em São Caetano do Sul para escapar da eliminação antecipada e seguir com esperanças. O adversário queria a vitória para entrar na zona de classificação e também conseguir uma revanche pelos 3 a 0 que sofreu como visitante no primeiro turno.

Pela oitava e antepenúltima rodada do Grupo 4, a outra partida da terça-feira terminou empatada. Em São Paulo, no estádio da Rua Javari, o Juventus abriu 2 a 0 no primeiro tempo, mas o visitante Atibaia reagiu no segundo e fez também dois gols definindo o placar de 2 a 2.

Os resultados da rodada deixaram a classificação do Grupo 4 assim: 1º – Portuguesa (10 pontos em 6 jogos); 2º – São Caetano (9 em 6); 3º – Juventus (9 em 7); 4º – Atibaia (7 em 6) e 5º – Taubaté (5 em 7). Assim, podendo chegar ao total de oito pontos, o Taubaté já não tem mais chances de terminar em um das duas primeiras posições.

Na sexta-feira, às 15h, Taubaté receberá a Portuguesa. No mesmo horário e também pela nona e penúltima rodada, o São Caetano visitará o Atibaia. Depois, a última rodada virá na terça-feira da semana que vem e com o Taubaté folgando na tabela. Jogarão: Portuguesa x Atibaia e São Caetano e Juventus.

O jogo

Em casa, o São Caetano começou no ataque e abriu o placar, aos 13 minutos. Na sobra de um escanteio cobrado da esquerda, o meia Christiano continuou no setor e teve liberdade para mandar um chute forte e cruzado, pelo alto, no canto esquerdo.

Aos poucos e com organização, o Taubaté foi reagindo e passou a incomodar o adversário com duas oportunidades de gol. Aos 29, depois da terceira, o empate veio em um escanteio cobrado da direita. Anderson Magrão desviou de cabeça na primeira trave e França aproveitou fechando na pequena área.

Já no segundo tempo, o Taubaté teve uma descida para virar o placar, aos 14 minutos. Em um contra-ataque pela direita, Rodriguinho tinha duas opções de passe pelo meio, mas preferiu chutar e mandou para fora, sem levar perigo.

O gol de desempate do São Caetano veio aos 21, após um inversão que encontrou o lateral-direito Thiaguinho livre para cruzar em diagonal. A bola passou raspando a cabeça dos dois zagueiros taubateanos e caiu para o atacante Portuga dominar e chutar no canto direito.

Aos 36, Anderson Magrão mergulhou na pequena área, cabeceou no canto direito, mas logo teve a comemoração de gol interrompida. Na cobrança em diagonal de uma falta da direita, por Rafael Compri, uma primeira cabeçada aprofundou o passe para deixar a segunda em posição de impedimento bem marcado pela arbitragem.

Sem alternativa, o Taubaté foi à frente e o São Caetano passou a ter espaços para contragolpes. Descidas alternadas surgiram, mas não modificaram o placar de 2 a 1 para os locais.

Os times

O Taubaté, do técnico Douglas Leite: Moisés; Robertinho, França, Wellington e Romero; Ygor (João Paulo 36´/2º), Buchecha (Rafael Compri 26´/2º), Matheus e Garcez (Adriano Filho – intervalo); Kauê (Rodriguinho – intervalo) e Anderson Magrão.

O São Caetano, do técnico Max Sandro: Luiz; Thiaguinho, João Pedro, Max e Ruan (Josué 9´/2º); Matheus Brito (Lucas Surcin – intervalo), Christiano e Marcelinho (MC Livinho 30´/2º); Portuga (Paulo Matheus 38´/2º), Guerreiro (Rato 9´/2º) e Damasceno.

No estádio Anacleto Campanella a equipe de arbitragem contou com: Márcio Mattos dos Santos (árbitro), Leonardo Augusto Villa (assistente 1), Denis Matheus Afonso Ferreira (assistente 2), Murilo Tarrega Victor (quarto árbitro) e Newton dos Reis Barreira (analista de vídeo).

Caíque Toledo/EC Taubaté
Caíque Toledo/EC Taubaté
O volante Ygor tentando escapar da marcação de um jogador do São Caetano


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jogando Juntos, em Regional

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.