Por Lucas Otacílio de Almeida Em Alunos Atualizada em 25 MAI 2021 - 12H15

A bruxa de Vesilahti

A lenda finlandesa sobre a morte de uma bruxa

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução


No ano de 2015, a banda de folk metal, Korpiklaani, lançou a música Ämmänhauta do álbum Noita. Essa música foi baseada na lenda de uma bruxa que viveu na cidade de Vesilahti, na Finlândia.

De acordo com a lenda, esta bruxa queria ser enterrada no cemitério da igreja para se sentir da comunidade, porém o padre negou. Então ela ordenou que o enterro fosse a noite, enquanto o padre estivesse dormindo. Ela também ordenou a quatro homens que seu corpo fosse levado ao cemitério da igreja, e que enterro deveria ocorrer antes do nascer do sol. Além disso ela disse que independente do lugar em que ela estivesse o corpo deveria ser sepultado antes do nascer do sol.

Quando ela morreu, naquela noite ela foi carregada para a igreja. Porém, os homens que a carregavam foram muito lentos, e o sol nasceu antes do corpo chegar a igreja. O corpo da bruxa ficou tão pesado que não poderia ser movido. Por conta disso ela foi sepultada ali mesmo, na floresta, e os homens que a carregaram jogaram galhos por cima do corpo.

A lenda diz que se deve morder um galho de sorveira, cortar o ramo de uma bétula e jogar um galho de pinheiro no seu túmulo para afastar o azar. Hoje em dia, a pilha é queimada todo ano para dar espaço para mais galhos.

Com supervisão de Giovana Colela, jornalista do Meon Jovem.

Escrito por
LUCAS OTACILIO (Arquivo Pessoal)
Lucas Otacílio de Almeida

3º ano do Ensino Médio - Colégio Embraer Juarez Wanderley - São José dos Campos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Exclusivo | Comissão Pré-Julgadora

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Alunos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.