Alunos

Feira Literária em Jacareí acontece nesta semana

A 4ª FLIJ online começou na segunda (6) e entrevistamos Marta Amorim, diretora do departamento técnico pedagógico da Secretaria Municipal de Jacareí e as professoras da rede Suzilene e Claudiane, selecionadas no Projeto de contação de histórias “Tale

EMEF. Profª Conceição Aparecida Magalhães Silva

Escrito por Miguel Lucas Silva de Assis e Arthur Félix

07 DEZ 2021 - 12H20 (Atualizada em 07 DEZ 2021 - 12H28)

Reprodução

A 4ª FLIJ (Feira literária de Jacareí) edição 2021, realizada pela Secretaria Municipal de Educação, começou na última segunda-feira (6), novamente de forma online, e irá até a quarta-feira (8). A abertura foi transmitida pelo canal do youtube da Secretaria de Educação e terá diversas atrações.

A novidade este ano é a distribuição descentralizada de livros em diferentes escolas do município nos dias 13, 14 e 15 de dezembro.

Conversamos com a diretora do departamento técnico pedagógico da Secretaria Municipal de Jacareí, que nos falou um pouco sobre a responsabilidade e o desafio de sua função na rede Municipal de Jacareí e também sobre como foi orientar os professores durante o período de pandemia.

Marta Amorim, nos falou também do seu sentimento ao ser homenageada na Câmara Municipal no mês dos professores, relatando sua felicidade e a honra que foi ser indicada pela secretária Municipal de Educação, Maria Tereza.

MJ - O que é ser diretora na rede?

É um desafio, e uma responsabilidade muito grande, porque está em nossas mãos oferecer um ensino para todos vocês.

MJ - O que é a FLIJ?

A FLIJ é a Feira Literária de Jacareí, e antes da pandemia as crianças iam até a biblioteca, e escolhiam seu livro. Mas com a pandemia tivemos que mudar, nos dias 6, 7 e 8, essa feira acontecerá de forma virtual, e nos dias 9, 10 e 11, ela acontecerá nas escolas. E os alunos ganharam um cheque e irão com seus familiares escolher seu livro.

MJ - Que mensagem você daria para os alunos?

Que participem da FLIJ, porque vai ser em outro formato, mais vai ser mais importante do que nas outras edições. As famílias os alunos estão todos convidados para participar desta edição

Sobre a FLIJ, Marta nos contou um pouco sobre como era a FLIJ antes da pandemia e como ocorre agora de forma online, destacando a entrega dos livros em diferentes escolas do Município. Ela ressaltou também a importância desse evento e deixou uma mensagem para todos que irão assisti-la.

Reprodução
Reprodução
Professoras Suzilene e Claudiane

Conversamos também com as professoras Suzilene e Claudiane, selecionadas no projeto de contação de histórias “Talentos da Rede” que falaram sobre como surgiu o interesse pela contação de histórias que esteve associado a esse período de ensino remoto, como forma de encantar os alunos. Elas falaram também sobre a importância da contação de histórias como forma de estimular a imaginação e como se sentiram felizes e valorizadas ao serem selecionadas como contadoras de histórias no “Talentos da rede”.

Encerramos nossa conversa com uma mensagem deixada pelas professoras nos incentivando a valorizar a leitura. Confira as entrevistas na íntegra.

Com supervisão de Yeda Vasconcelos, jornalista do Meon Jovem.





Escrito por
EMEF. Profª Conceição Aparecida Magalhães Silva
Miguel Lucas Silva de Assis e Arthur Félix

5º ano do ensino fundamental - EMEF Profª Conceição Aparecida Magalhães Silva - Jacareí

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Exclusivo | Comissão Pré-Julgadora

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Alunos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.