Alunos

POESIA: Boulevard

Recordações

Foto Sara Recortada (Arquivo Pessoal)

Escrito por Sara Alves Costa Carreira

31 MAI 2021 - 15H44 (Atualizada em 31 MAI 2021 - 15H59)

Foto: Reprodução/Canva poesia boulevard (Foto: Reprodução/Canva)

Poderia eu, deixar minha alma se apegar

a algum lugar neste mundo?

Poderia eu, encontrar o lar de meu espírito?

Por além do horizonte de teus mirantes,

encontrei em tuas profundas florestas,

o sentimento de pertencer a esta vida.


Teus jardins são cercados por estátuas de mármore

que foram adornadas com belas flores,

junto à memória de teus viajantes

vindos do velho mundo.


Os pássaros em uma singela melodia

cantam para que as montanhas os ouçam.

As estrelas de tuas pradarias

são palco das juras de amor

feitas pelos amantes que por ali passam.


O suave aroma de tuas lavandas

se contrapõe ao aroma forte da madeira

que adorna teus arredores

e as borboletas e mariposas aquietam-se

nos ramos de tuas araucárias.


Tuas raízes bávaras estarão

perpetuamente representadas

em tua graciosa Boulevard Geneve

onde guardo com carinho breves,

 porém inesquecíveis recordações.


Com supervisão de Giovana Colela, jornalista do Meon Jovem. 

Escrito por
Foto Sara Recortada (Arquivo Pessoal)
Sara Alves Costa Carreira

1º ano do Ensino Técnico em Administração - Colégio Univap - Unidade Centro - São José dos Campos

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Exclusivo | Comissão Pré-Julgadora

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em Alunos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.