Brasil

Cai o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, investigado pela PF

Pedido de demissão foi aceito pelo presidente Bolsonaro

Escrito por Gabriel Campoy

23 JUN 2021 - 17H30

Ricardo Salles Agencia Brasil

Um dia após receber elogios do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante cerimônia do Plano Safra no Planalto, Ricardo Salles, investigado por corrupção no STF, foi exonerado do Ministério do Meio Ambiente nesta quarta-feira (23).

Ele mesmo anunciou sua saída. Joaquim Álvaro Pereira Leite, ex-conselheiro da Sociedade Brasileira Rural, que atuava como Secretário da Amazônia e Serviços Ambientais, é quem assume a pasta

Há em andamento uma investigação da PF autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, que apura se Salles atuou para afrouxar o controle do Ibama sobre a exportação ilegal de madeira. Em apuração sobre as possíveis reuniões do ministro com um grupo de madeireiros no Pará que vinham tendo cargas de madeira retidas em portos no exterior por falta da autorização.

Com a saída de Salles, mais da metade do ministério original da posse de Jair Bolsonaro foi trocado de posto ou saíram do governo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Gabriel Campoy, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.