Por Conteúdo Estadão Em Mundo

Biden defende aumento do salário mínimo nos EUA

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse neste sábado que o aumento do salário mínimo no país seria bom para os negócios. Biden fez o discurso de rádio e internet semanal da Casa Branca no lugar do presidente Barack Obama, que está em viagem oficial. Ele pediu ao Congresso que aprove a proposta de Obama de aumentar o mínimo para US$ 10,10 por hora.

Biden salientou que salários justos têm como consequência maior lealdade de trabalhadores, levando a uma produtividade maior e rotatividade menor. Segundo o vice-presidente, isso poderia impulsionar a economia, gerando US$ 19 bilhões em renda adicional para a faixa mais pobre da população. Ele assinalou também que a elevação do salário mínimo também ajudaria as mulheres, que em muitos casos ainda recebem menos do que homens na mesma função. Fonte: Associated Press.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.