Por Conteúdo Estadão Em Mundo

China: não há evidências de que avião entrou no país

A China não encontrou evidências de que o Boeing 777 que desapareceu ao fazer o voo MH370, de Kuala Lumpur a Pequim, entrou em algum momento no território do país, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hong Lei, nesta quarta-feira. "Não descobrimos qualquer sinal de que o avião da Malaysia Airlines entrou em território chinês", apontou o porta-voz.

Hong acrescentou que a China está dando continuidade às buscas e que, uma vez que a procura for concluída, os detalhes serão divididos com o público. Ele disse ainda que alguns dados de satélite foram compartilhados com a Malásia, mas não deu detalhes. Fonte: Dow Jones Newswires.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.