Por Conteúdo Estadão Em Mundo

Índia pede ao Twitter que siga novas leis para mídias sociais -

O governo da Índia alertou no sábado que o Twitter deve obedecer imediatamente às novas regulamentações de mídia social do país, que os críticos dizem dar ao governo mais poder para policiar o conteúdo online.

O Twitter está envolvido em uma batalha tensa com o governo indiano. A empresa alega que o governo do primeiro-ministro Narendra Modi tenta silenciar as críticas, incluindo a condução da pandemia do coronavírus.

Em uma carta ao Twitter, o Ministério de Eletrônica e Tecnologia da Informação disse que as novas regras entraram em vigor em 26 de maio, mas o site até agora não cumpriu as exigências. O ministério pediu ao Twitter que tratasse a carta deste sábado como um aviso final, caso contrário, a empresa "será responsável pelas consequências", informou a agência de notícias Press Trust of India.

A carta não detalhou quais consequências o Twitter pode enfrentar e não houve nenhum comentário imediato do Twitter.

No mês passado, a empresa disse que estava preocupada com a segurança de sua equipe na Índia, dias depois que a polícia indiana visitou seu escritório em Nova Delhi, porque rotulou um tweet de um porta-voz do partido governante como "mídia manipulada".

As novas regras exigem que as plataformas da Internet, como Facebook e Twitter, apaguem o conteúdo considerado ilegal pelas autoridades e ajudem nas investigações policiais, incluindo a identificação dos responsáveis pelas "informações maliciosas".

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Mundo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.