RMVale

Arara e sabiá são encontrados em cativeiro em Caraguá

Dono dos animais foi multado em R$ 8,5 mil; laudo confirmou maus tratos à arara

Escrito por Meon

30 NOV 2020 - 16H17 (Atualizada em 30 NOV 2020 - 16H28)

Divulgação/PolíciaAmbiental arara (Divulgação/PolíciaAmbiental )

Uma arara e um sabiá, aves nativas brasileiras, foram encontrados em cativeiro em Caraguá, na última quinta-feira (26). Nesta segunda-feira (30), um laudo confirmou que a arara era vítima de maus tratos. O dono dos animais foi multado em R$ 8,5 mil.

Segundo a Polícia Ambiental, após uma denúncia anônima, policiais se deslocaram até o bairro Barranco Alto. No local, foram encontrados uma arara-canindé (animal em extinção) e um sabiá preto em cativeiro.

Questionado, o dono dos animais teria informado possuir nota fiscal de compra da arara e não possuir autorização para manter em cativeiro o sabiá. Os policiais, porém, desconfiaram da validade da nota fiscal da arara. Além disso, a arara estava com as penas das asas cortadas.

A ocorrência foi então apresentada no DP Central de Caraguatatuba, onde o delegado de plantão determinou a apreensão das aves e da nota fiscal para perícia.

O sabiá foi encaminhado para a Fundação Animália. A arara foi levada à zoonoses. Nesta segunda-feira (30), o laudo pericial confirmou que ela sofria maus tratos.

Até o momento não saiu o resultado da perícia sobre a autenticidade da nota fiscal de compra da arara.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.