RMVale

Homens são presos transportando carne de forma ilegal em Pinda

Segundo os agentes que fizeram a apreensão, as carnes eram transportadas em carroceria aberta, sem refrigeração e em péssimas condições sanitárias

Escrito por Gabriel Campoy

17 JUN 2021 - 21H36 (Atualizada em 17 JUN 2021 - 21H45)

Divulgação/Polícia Civil Carnes estragadas em Pinda 1 (Divulgação/Polícia Civil)

Três homens foram presos enquanto transportavam carne de forma ilegal em Pindamonhangaba nesta quinta-feira (17).

De acordo com o boletim de ocorrência, uma testemunha da ação dos suspeitos teria comunicado as autoridades que investigavam o furto de gado e comercio ilegal de carne bovina na região.

Os policiais receberam a denúncia de que suspeitos estariam parados no pátio de um posto na altura do km da Rodovia Dutra, transportando as carnes de "procedência duvidosa", para posteriormente serem revendidas em comércios de cidades do Vale do Paraíba.

Ao chegarem no local, as autoridades teriam flagrado os suspeitos retirando as carnes de um caminhão e as colocando no porta-malas de um veículo. Após serem indagados sobre a origem das carnes os suspeitos não souberam informar. Além disso, as peças alimentícias não possuíam nota fiscal.

Segundo os agentes que fizeram a apreensão, as carnes eram transportadas em carroceria aberta, sem refrigeração, em péssimas condições sanitárias e sendo vendida para o consumo humano de forma adulterada e inapropriada para ingestão.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão aos suspeitos, que foram encaminhados ao Distrito Policial da cidade. Foram apreendidos também dois celulares e R$ 1.082 em espécie.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Gabriel Campoy, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.