RMVale

Instrutor de autoescola é acusado de cobrar propina em troca de aprovação de candidata em São José

Processo administrativo será instaurado contra o funcionário, e a autoescola poderá ter o registro de credenciamento cassado

Escrito por Matheus Correia

12 JAN 2022 - 10H30 (Atualizada em 12 JAN 2022 - 11H18)

Divulgação/Detran CNH Detran autoescola - Reprodução Detran (Divulgação/Detran)

Nesta terça-feira (11), o Detran SP registrou uma ocorrência contra um instrutor de trânsito, que é acusado de cobrar propina em troca da aprovação de uma candidata no exame prático de direção veicular em São José dos Campos. 

O profissional é funcionário de uma autoescola credenciada pelo Departamento de Trânsito. Um processo administrativo será instaurado contra o instrutor, e a autoescola poderá ter o registro de credenciamento cassado.

A candidata questionou na prova prática se a examinadora que aplicava o teste havia recebido parte da propina paga ao instrutor da autoescola para a sua aprovação no exame prático. A Polícia Militar foi acionada pelo presidente da banca examinadora do Detran SP.

“É nosso papel fiscalizar qualquer indício de fraude ou irregularidade. Por isso sempre reforçamos a recomendação para que o cidadão denuncie e contribua neste enfrentamento. Para isso, atuamos com cada vez mais rigor para que situações como estas não se repitam”, afirma o diretor-presidente do Detran SP, Neto Mascellani.

O Detran SP ressalta que não pede qualquer valor para o candidato para fazer o exame de habilitação. As taxas cobradas pelo departamento são fixas: exame médico, psicológico e emissão da CNH.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Matheus Correia, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.