RMVale

Jair Bolsonaro dá posse a seis novos ministros em Brasília

Casa Civil e Secretaria de Governo além dos Ministérios da Segurança Pública, das Relações Exteriores, da Defesa e AGU terão novos comandantes

Escrito por Gabriel Campoy

06 ABR 2021 - 16H45 (Atualizada em 06 ABR 2021 - 17H05)

Marcos Corrêa / PR BOLSONARO POSSE DOS MINISTROS - Marcos Corrêa [barra] PR (Marcos Corrêa / PR)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou nesta terça-feira (6) da solenidade de nomeação de novos cargos na Casa Civil, Secretaria de Governo, além dos Ministérios da Justiça e Segurança Pública, das Relações Exteriores, da Defesa e da Advocacia-Geral da União (AGU).

Confira os novos ocupantes dos respectivos cargos anunciados pelo presidente da República.


Casa Civil

O general Luiz Eduardo Ramos é o novo comandante da Casa Civil. Ele chega para substituir o também general Walter Braga Netto. Anteriormente, Ramos estava na Secretaria de Governo.


Secretaria de Governo

A deputada federal Flávia Arruda (PL), parlamentar mais votada da história no Distrito Federal, foi apresentada como nova ocupante do cargo principal na Secretaria do Governo.

A nova ministra afirmou que o momento atual é de “diálogo, compreensão, solidariedade e trabalho pelo Brasil”.


Ministério da Justiça e Segurança Pública

Anderson Torres estará à frente do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Em seu discurso, o novo comandante do ministério afirmou que a justiça e a segurança pública são, juntamente, o ponto principal da paz e tranquilidade de uma nação. Ele ainda enfatizou a crise do coronavírus e que a mesma impacta diretamente a economia e qualidade de vida dos brasileiros.

Marcos Corrêa / PR
Marcos Corrêa / PR
André Mendonça retorna ao cargo da AGU



Ministério das Relações Exteriores

Após a saída do polêmico Ernesto Araújo, um dos cargos com maior expectativa por parte da opinião pública era o das Relações Exteriores. Bolsonaro anunciou o diplomata Carlos Alberto França, do qual foi seu assessor especial, mas que há poucos meses ocupava o cargo de chefe cerimonial da Presidência da República.

De acordo com França, Bolsonaro lhe instruiu a enfrentar as urgências na área da saúde, economia e desenvolvimento sustentável.


Ministério da Defesa

Braga Netto foi realocado para o comando do Ministério de Defesa, substituindo o general Fernando Azevedo e Silva. Em sua apresentação, afirmou que sua prioridade será o combate à Covid-19 e vacinação da população


Advocacia-Geral da União (AGU)

André Mendonça, anteriormente o Ministério da Justiça e Segurança Pública, foi realocado para a AGU, cargo onde estava inicialmente antes de substituir José Levi.

Em seu discurso, divulgado por nota, o ministrou enfatizou a importância da AGU à Justiça e ao Estado Brasileiro, e que seus servidores devem estar empenhados em garantir o desenvolvimento do país, a não criminalização da política e o respeito às instituições.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Gabriel Campoy, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.