RMVale

Janeiro branco: Casas do Idoso fazem ações sobre saúde mental em São José

Dados nacionais demonstram que a depressão é uma das doenças mentais que mais atinge os idosos

Escrito por Meon

09 JAN 2021 - 11H47 (Atualizada em 09 JAN 2021 - 11H54)

Reprodução idosos (Reprodução )

Cuidar da saúde da mente e das emoções, sobretudo em tempo de distanciamento, é fundamental para qualquer pessoa. Mas, quando se trata de pessoas idosas, essa prática se torna ainda mais importante, tendo em vista que este público também é mais vulnerável a males como a depressão e a ansiedade.

Pensando nisso, as Casas do Idoso da Prefeitura de São José dos Campos irão promover a partir desta sexta-feira (8) uma série de atividades com o intuito de orientar pessoas com mais de 60 anos sobre como manter a mente ativa e expressar os sentimentos de forma saudável, especialmente neste período.

Como a maioria das ações será desenvolvida de forma on-line, via mídias sociais, qualquer pessoa pode participar.

A ação integra o Janeiro Branco, uma iniciativa nacional e sem fins lucrativos que pretende, através de estratégias políticas, sociais e culturais, evidenciar temas da saúde mental e prevenir o adoecimento emocional da população.

Ações

Para quem frequentava os centros de convivência das unidades, bem como o serviço de fortalecimento de vínculos, a informação vai chegar no formato de lives, transmitidas via Facebook ou vídeos disponibilizados na mesma mídia. Nelas, uma equipe multidisciplinar composta por assistentes sociais, psicólogos, geriatra, nutricionistas, fisioterapeutas, enfermeiros e professores vai abordar temas como alimentação, fortalecimento corporal, a internet como aliada à saúde mental, jogos, tudo para favorecer o relaxamento, o desenvolvimento das habilidades motoras, o diálogo, entre outros.

No caso dos serviços como o Centro Dia e a Proteção Básica no Domicílio, além do conteúdo disponibilizado na internet, os idosos ainda receberão kits especiais sobre o tema contendo atividades para serem realizadas em família.

A agenda com o tema saúde mental prevê ações durante todo o mês de janeiro. Para conhecer a programação, basta acessar o link.

Para participar das atividades on-line, acesse as páginas das Casas do Idoso:

Casa do Idoso Norte

Casa do Idoso Sul

Casa do Idoso Leste

Casa do Idoso Centro

Depressão

Dados nacionais demonstram que a depressão é uma das doenças mentais que mais atinge os idosos.

De acordo com o IBGE, pessoas com idades entre 60 e 64 anos representam a faixa etária com maior proporção (11,1%), entre os 11,2 milhões de brasileiros diagnosticados com a doença.

Cuidado

Desde a suspensão das atividades presenciais ocorrida em março de 2020 por conta da pandemia do coronavírus, as Casas do Idoso da Prefeitura de São José dos Campos fizeram adaptações nos serviços para dar continuidade ao atendimento oferecido a este público.

Quem integra o Centro Dia, serviço destinado a idosos semidependentes que antes passavam o dia nas Casas do Idoso, a assistência chega diariamente em forma de alimento e atividades.

Uma vez por dia, as equipes percorrem os domicílios entregando o almoço, assim como outras três refeições. Na mesma ocasião já é feita a entrega do kit que corresponde ao café da manhã seguinte para que a família possa prover os cuidados com o idoso.

Junto com a alimentação, os profissionais também entregam um kit de atividades para que o idoso possa desenvolver em casa.

Aqueles que antes frequentavam o centro de convivência das Casas, o serviço chega pela internet, telefone e mídias sociais.

Lives com atividades físicas são realizadas diariamente pelas quatro unidades. Consultas médicas e o atendimento oferecido por assistentes sociais, psicólogos, orientadores, cuidadores e enfermeiros também continua sendo oferecido, porém de forma remota.

Todos os serviços levados até o domicílio contemplam os idosos que já eram atendidos nas Casas do Idoso antes da pandemia. Entretanto, o conteúdo disponibilizado via mídias sociais pode ser acessado pela população.

Grupo de risco

Pessoas com mais de 60 aos integram o grupo com maior risco de morte, em decorrência da covid-19. Por este motivo ainda não há previsão para a retomada das atividades presenciais nas Casas do Idoso.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Meon, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.