Por Fabrício Correia Em RMVale Atualizada em 22 MAI 2021 - 14H57

Sob curadoria de Bia Doria, Parque da Cidade de São José pode se transformar em museu a céu aberto

Inspirado no Instituto Inhotim, o parque pode receber acervos de arte contemporânea

Acervo Pessoal / Micheli Veneziani
Acervo Pessoal / Micheli Veneziani


O prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth (PSDB) recebeu no dia 20 de maio, no Parque da Cidade Roberto Burle Max, uma comitiva formada pela primeira-dama do estado, a artista plástica Bia Doria e os secretários de estado de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi e do Turismo, Vinicius Lummertz.

A visita técnica é parte de um possível projeto, inspirado por Bia Doria, que com apoio do prefeito Felicio e da primeira-dama Vanessa Ramuth, que preside o Fundo Social do município, pode transformar o Parque da Cidade em um novo conjunto de arte, lazer e botânica, no formato do Instituto Inhotim, sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil e considerado o maior museu a céu aberto do mundo.

Em release, divulgado pela primeira-dama de São Sebastião, Micheli Veneziani, que participou da reunião, o secretário Lummertz afirma que o projeto tem um enorme potencial turístico.

Divulgação / PMSJC
Divulgação / PMSJC

“Recebemos todos os estudos de impacto e propostas para viabilização deste novo empreendimento e tudo irá ser avaliado e estudado. Acreditamos que uma cidade que possui turismo e desenvolvimento não tem desemprego, e essa premissa nos motiva a investir nos municípios do Estado de São Paulo com muita responsabilidade”, disse Lummertz.

Acervo Pessoal / Micheli Veneziani
Acervo Pessoal / Micheli Veneziani

Ainda de acordo com conteúdo divulgado pela primeira-dama da cidade litorânea, Bia Doria, disse que ficou encantada com a beleza do Parque da Cidade, afirmando que “sem dúvida é um dos lugares mais bonitos do mundo e com potencial incrível para se transformar em um grande polo de turismo internacional”.


Parque da Cidade

O Parque Municipal Roberto Burle Marx, mais conhecido como "Parque da Cidade", ocupa uma área de quase um milhão de metros quadrados que foi parte da antiga Fazenda da Tecelagem Parahyba. No local abrigadas uma grande diversidade de espécies vegetais e uma belíssima paisagem composta por jardins, palmeiras imperiais, lagos, ilhas artificiais, bosques e alamedas. Os jardins, de autoria de Roberto Burle Marx, e a Residência Olivo Gomes, projetada por Rino Levi, compõem um importante trabalho da arquitetura moderna.

O complexo foi transformado em parque municipal em 1996. Seu patrimônio é tombado pelo Comphac – Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico, Paisagístico e Cultural. A Residência Olivo Gomes e os jardins de Burle Marx são tombados pelo Condephaat.

O Portal Meon, procurou a Prefeitura Municipal de São José dos Campos, que disse que a visita técnica foi coordenada por Bia Doria, e sua assessoria poderia auxiliar em informações

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Fabrício Correia, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.