RMVale

Trabalhadores aprovam plano de indenização para fechamento da Ford de Taubaté

Cada funcionário receberá no mínimo R$ 130 mil

Escrito por Samuel Strazzer

07 ABR 2021 - 14H27 (Atualizada em 07 ABR 2021 - 15H04)

Divulgação / Sindicato dos Metalúrgicos Votação Ford indenização (Divulgação / Sindicato dos Metalúrgicos)

Os funcionários da Ford de Taubaté aprovaram, nesta terça-feira (6), a proposta de indenização para o fechamento da unidade.

Segundo o Sindmetau (Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté), a Ford de Taubaté tem cerca de 800 funcionários. A votação foi realizada na fábrica por meio de cédulas e contabilizou 630 votos.

O resultado da votação foi: 336 favoráveis (55,33%), 291 contrários (46,21%), 2 votos em branco (0,31%) e 1 nulo (0,15%).

O calculo da indenização é diferente para horistas e mensalistas. Contudo, o pagamento mínimo será de R$ 130 mil para cada funcionário.

Para os horistas, além das verbas rescisórias, a proposta prevê o pagamento de 205% do salário mensal para cada ano trabalhado. Já aos mensalistas, será feito o pagamento de 100% do salário mensal para cada ano trabalhado.

Irá prevalecer o maior valor – o mínimo de R$ 130 mil ou o valor calculado com base no tempo de trabalho.

O plano também prevê a abertura de um programa de qualificação para auxiliar os trabalhadores na reinserção no mercado.

A decisão de encerrar a produção de carros no Brasil foi anunciada pela Ford em janeiro deste ano.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Samuel Strazzer, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.