RMVale

Trabalhadores da Gerdau de Pinda aprovam suspensão de contratos

50 funcionários do grupo de risco da Covid-19 permanecerão em casa e terão garantia de emprego

Escrito por Gabriel Campoy

09 JUN 2021 - 17H42 (Atualizada em 09 JUN 2021 - 18H03)

Créditos: Guilherme Moura Gerdau (Créditos: Guilherme Moura)

Os trabalhadores da Gerdau de Pindamonhangaba aprovaram, nesta terça-feira (8), um acordo do Sindicato dos Metalúrgicos com a direção da empresa para a suspensão dos contratos de trabalhos.

A decisão abrangerá 50 funcionários que são considerados do grupo de risco da  Covid-19 e que ainda não retornaram para a fábrica.

De acordo com o sindicato, o acordo é mais vantajoso do que a Medida Provisória 1.045, já que os trabalhadores garantidos o recebimento mínimo de 80% do salário líquido, os descontos de convênio médico e cooperativa de créditos serão congelados, além do 13º salário ser pago de forma integrado com a garantia de emprego por mais três meses após o fim da medida.

A Gerdau é uma empresa do ramo do aço e, atualmente, conta com cerca de 2.300 funcionários em Pindamonhangaba.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Gabriel Campoy, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.