Por Vinicius Assis Em RMVale Atualizada em 22 MAI 2020 - 10H46

Travesti é assassinada após ser espancada e atropelada na zona rural de Taubaté

O motivo para o crime seria um desentendimento entre a vítima e o assassino após um programa

Rauston Naves/Rádio Metropolitana
Rauston Naves/Rádio Metropolitana
O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado, mas a travesti não resistiu e morreu no local.


Uma travesti de aproximadamente 30 anos morreu após ter sido espancada e atropelada na manhã desta quinta-feira (21) na zona rural de Taubaté. De acordo com a Polícia Civil o crime aconteceu no bairro Chácara Dallas, após um desentendimento entre o assassino de 28 anos e a vítima. 

Os dois tiveram uma briga após um programa e discutiram de forma áspera, até que o criminoso tentou sair do local e atropelou a travesti. Após isso, os dois continuaram discutindo e o assassino espancou a vítima, que ficou desacordada.

O criminoso tentou fugir do local, mas moradores que ouviram a discussão foram até o local e tentaram impedi-lo de sair da cena do crime; ainda assim ele conseguiu fugir. Os populares acionaram a polícia, que fez uma rápida busca e encontrou o criminoso escondido em um matagal próximo ao local do crime.

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado, mas a travesti não resistiu e morreu no local.

O criminoso foi preso em flagrante e vai responder por homicídio. A polícia não foi informou se o homem vai responder por homicídio doloso ou culposo, nem se haveria agravantes.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Vinicius Assis, em RMVale

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.