Por Conteúdo Estadão Em Noticias

Bolsas da Ásia fecham em baixa, seguindo NY em meio a temor sobre alta de juros

As bolsas asiáticas fecharam com perdas significativas nesta quinta-feira, 13, seguindo o tom negativo de Wall Street ontem, após dados de inflação ao consumidor (CPI) dos EUA bem acima das expectativas reforçarem temores de que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) possa reverter a agressiva política de estímulos monetários que vem implementando para combater os efeitos da pandemia do novo coronavírus antes do esperado.

O índice acionário japonês Nikkei sofreu um tombo de 2,49% em Tóquio hoje, a 27.448,01 pontos, enquanto o Hang Seng recuou 1,81% em Hong Kong, a 27.718,67 pontos, o sul-coreano Kospi se desvalorizou 1,25% em Seul, a 3.122,11 pontos, e o Taiex registrou baixa de 1,46%, a 15.670,10 pontos, também em meio a preocupações sobre um recente surto local de covid-19.

Já na China continental, os mercados interromperam uma trajetória de recuperação que vinha desde o começo da semana. O Xangai Composto teve queda de 0,96%, a 3.429,54 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,81%, a 2.253,30 pontos.

Ontem, as bolsas de Nova York tiveram perdas de 2% ou mais, em seu terceiro pregão negativo seguido, após o CPI dos EUA vir muito acima do esperado, sustentando temores de que pressões inflacionárias forcem o Fed a elevar seus juros básicos mais cedo do que se imaginava.

A inflação vem ganhando força mundialmente, em parte por causa da recuperação dos preços das commodities, e gera preocupações de que outros grandes bancos centrais também possam rever sua postura acomodatícia.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no vermelho pelo terceiro dia consecutivo, após fechar em nível recorde no começo da semana. O S&P/ASX 200 caiu 0,88% em Sydney, a 6.982,70 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Noticias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.