Por Conteúdo Estadão Em Brasil

Apenas 3% dos latino-americanos foram completamente vacinados, revela Opas

Diretora-geral da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Carissa Etienne demonstrou preocupação com o ritmo da vacinação em países latino-americanos, durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira. Segundo ela, apenas 3% dos latino-americanos foram completamente vacinados contra a covid-19.

Para tentar contornar o acesso limitado aos imunizantes, Etienne pede que países que contam com a estrutura para fabricar os imunizantes acelerem a sua produção.

Esta alternativa, no entanto, responde aos problemas de mais longo prazo, e uma solução para curto prazo é necessária, segundo ela, ao citar doações de vacinas por países desenvolvidos.

De acordo com o diretor assistente da Opas, Jarbas Barbosa, os países que aceitaram receber doses da vacina da Pfizer, que exige armazenamento a temperaturas mais baixas, começarão a receber as doses na última semana de maio. O aporte, no entanto, ainda é limitado, disse Barbosa.

Sobre a situação da pandemia nas Américas, Etienne disse que a região registrou mais de 1 milhão de casos de covid-19 na última semana, e segue como o epicentro da crise sanitária global.

Os Estados Unidos, puxados pela rápida vacinação, reportam a principal melhora na trajetória do vírus, enquanto o Brasil registrou uma pausa na tendência de aumento de infecções, vista em semanas anteriores.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Conteúdo Estadão, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.